Os 23 melhores filmes de comédia na Netflix para você rir sem parar


Quem não adora ocupar o tempo livre vendo um bom filme e, de quebra, dando boas gargalhadas? Para facilitar esse passatempo delicioso, elaboramos uma lista com os 23 melhores filmes de comédia disponíveis na Netflix. Nela você vai encontrar dos clássicos da Sessão da Tarde, como Curtindo a Vida Adoidado, até as mais recentes produções do gênero, como Meu Nome é Dolemite. O que não faltam são filmes bons de comédia para você se divertir.

1. Divertida Mente

Divertida Mente

  • Ano: 2015
  • Direção: Pete Docter
  • Avaliação no Rotten Tomatoes: 98% (crítica), 89% (público)

Essa inteligentíssima animação, que agrada crianças e adultos, conta a história da garota Rilley, que vive a crise da passagem da infância para a adolescência. O mais criativo do roteiro é podermos acompanhar simultaneamente o que se passa dentro e fora da cabeça das personagens. Venceu o Oscar na categoria melhor animação em 2016.

Leia também: Conheça os melhores filmes de animação de todos os tempos!

2. Meu Nome é Dolemite

Meu nome é Dolemite

  • Ano: 2019
  • Direção: Craig Brewer
  • Avaliação no Rotten Tomatoes: 97% (crítica), 91% (público)

Meu Nome é Dolemite é baseado na história de vida do cantor, comediante, ator, cineasta e músico Rudy Ray Moore. O filme foi muito bem recebido pelo público e já é encarado pelos especialistas como a grande volta por cima do astro Eddie Murphy, após uma longa sequência de filmes de menor expressão.

3. Monty Python - Em Busca do Cálice Sagrado

Monty Python Em Busca do Cálice Sagrado

  • Ano: 1975
  • Direção: Terry Gilliam e Terry Jones
  • Avaliação no Rotten Tomatoes: 97% (crítica), 95% (público)

Nessa releitura da lenda do Rei Arthur, a procura pelo cálice sagrado ganha o traço cômico inconfundível do grupo de comédia britânico. No ano 2000, leitores da revista britânica de cinema Total Film elegeram Em Busca do Cálice Sagrado como o 5º filme mais engraçado de todos os tempos. Sem dúvida, um verdadeiro clássico do gênero!

Leia também: Os melhores filmes inteligentes disponíveis na Netflix

4. Para Todos os Garotos que Já Amei

Para Todos os Garotos que Já Amei

  • Ano: 2018
  • Direção: Susan Johnson
  • Avaliação no Rotten Tomatoes: 97% (crítica), 86% (público)

Lara é uma garota um tanto discreta. Ao longo de sua vida, escreveu apenas 5 cartas de amor para os 5 garotos pelas quais ela se apaixonou. Mas detalhe: essas cartas jamais foram enviadas. Até que sua irmã mais nova decide cometer essa loucura. Também está disponível na Netflix a continuação dessa comédia romântica adolescente: Para todos os Garotos. PS: Ainda Amo Você.

5. Monty Python - A Vida de Brian

Monty Python A Vida de Brian

  • Ano: 1979
  • Direção: Terry Jones
  • Avaliação no Rotten Tomatoes: 95% (crítica), 93% (público)

Antes de chegar à manjedoura para entregar os presentes ao menino Jesus, os Três Reis Magos se confundem e visitam o recém-nascido Brian. Desde então, Brian e Jesus levam vidas paralelas, sendo que Brian acaba se envolvendo com grupos políticos que contestam o poder romano. Em 2004, apareceu na 5ª colocação num ranking divulgado pela revista de cinema Total Film com os melhores filmes britânicos da história.

6. Os Meyerowitz: Família Não Se Escolhe

Os Meyerowitz

  • Ano: 2017
  • Direção: Noah Baumbach
  • Avaliação no Rotten Tomatoes: 93% (crítica), 72% (público)

Com elenco recheado de estrelas de Hollywood, Os Meyerowitz: Família Não Se Escolhe é um filme que (como já sugere o título em português) trata de conflitos familiares. Um pai distante (Dustin Hoffman) e seus três filhos (Adam Sandler, Elizabeth Marvel e Ben Stiller) acabam se encontrando de forma inusitada quando os filhos decidem fazer uma exposição em homenagem ao pai.

7. Meu Eterno Talvez (Always Be My Maybe)

Always Be My Maybe

  • Ano: 2019
  • Direção: Nahnatchka Khan
  • Avaliação no Rotten Tomatoes: 89% (crítica), 81% (público)

Mais uma comédia romântica. Mais uma história em que dois amigos de infância, após se afastarem por anos, se reencontram. Ela se torna uma chef de cozinha bem sucedida. Ele, um músico fracassado. Clichês à parte, o filme é bem legal, há cenas bem hilárias e não tem como não dar altas gargalhadas!

8. Até Que a Gente Se Separe

Até Que a Gente Se Separe

  • Ano: 2018
  • Direção: Jackie van Beek, Madeleine Sami
  • Avaliação no Rotten Tomatoes: 89% (crítica), 52% (público)

Imagine uma empresa especializada em separar casais. É isso que as duas amigas desiludidas no amor resolvem fazer. Mas tudo começa a degringolar quando uma delas começa a se relacionar com um dos clientes.

9. Curtindo a Vida Adoidado

Curtindo a Vida Adoidado

  • Ano: 1986
  • Direção: John Hughes
  • Avaliação no Rotten Tomatoes: 80% (crítica), 92% (público)

Dirigido por John Hughes, autor de alguns clássicos do cinema teen dos anos 80, como Clube dos Cinco, Curtindo a Vida Adoidado é daqueles filmes que quem viveu os anos 80 e 90 certamente conhece de cor. Mas não custa lembrar: um garoto decide cabular aula para dar um rolê com a namorada e o melhor amigo na Ferrari do pai.

10. Eu Não Sou um Homem Fácil

Eu não sou um homem fácil

  • Ano: 2018
  • Direção: Éléonore Pourriat
  • Avaliação no Rotten Tomatoes: 80% (crítica), 72% (público)

Após desmaiar com uma pancada na cabeça, um cara bem machista se dá conta de que caiu num universo paralelo onde os papéis de gênero são invertidos, e as mulheres têm o poder. Antes agressor, agora é ele que se vê vítima do sexismo.

11. Alex Strangelove

alex strangelove

  • Ano: 2018
  • Direção: Craig Johnson
  • Avaliação no Rotten Tomatoes: 80% (crítica), 70% (público)

Alex encontra a namorada perfeita: além de bonita, gosta das mesmas coisas que ele. É a menina certa para Alex perder a virgindade. O que Alex não podia imaginar é que a nova amizade com Elliot teria tamanho potencial transformador. Alex Strangelove é uma comédia romântica que trata da descoberta da sexualidade.

12. Pee-Wee's Big Holiday

Pee Wees Big Holiday

  • Ano: 2016
  • Direção: John Lee
  • Avaliação no Rotten Tomatoes: 80% (crítica), 62% (público)

Pee-Wee's Big Holiday é uma comédia familiar que mistura humor e aventura. Pee-Wee é cozinheiro numa lanchonete de uma pequena cidade dos Estados Unidos. Ele nunca saiu de férias. Até que um amigo decide comemorar seu aniversário em Nova York. Pee-Wee aceita o convite.

13. O Máskara

O Máskara

  • Ano: 1994
  • Direção: Chuck Russell
  • Avaliação no Rotten Tomatoes: 77% (crítica), 67% (público)

A vida pacata do bancário Stanley (Jim Carrey) muda completamente quando ele encontra uma máscara de um deus escandinavo. Ao usá-la, Stanley se transforma no Máskara, um personagem de cara verde totalmente ágil, desenvolto e destemido - tudo, aliás, que faltava ao velho Stanley para conquistar a cantora Tina Carlyle (Cameron Diaz).

Leia também: Os melhores filmes para assistir na Netflix quando não sabe o que ver

14. Toc Toc

Toc Toc

  • Ano: 2017
  • Direção: Vicente Villanueva
  • Avaliação no Rotten Tomatoes: não há avaliação

Seis pacientes diagnosticados com Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC) esperam para ser atendidos por um renomado psicólogo, que está atrasado devido a problemas com seu voo. Confinados na sala de espera, os seis pacientes acabam dividindo suas vidas e seus toques uns com os outros.

15. Megarromântico

Megarromântico

  • Ano: 2019
  • Direção: Todd Strauss-Schulson
  • Avaliação no Rotten Tomatoes: 70% (crítica), 47% (público)

Megarromântico está longe de ser o melhor filme desta lista, mas merece ser mencionado pela forma original como lida com um gênero tão batido meloso como a comédia romântica. Sua graça reside justamente na subversão do gênero, trabalhando de forma debochada com todos os estereótipos que conhecemos de cor.

Leia também: 30 comédias românticas de derreter o coração

16. Um Príncipe em Nova York

Um Príncipe em Nova York

  • Ano: 1988
  • Direção: John Landis
  • Avaliação no Rotten Tomatoes: 67% (crítica), 85% (público)

Entediado com a vida de luxos mas sem aventuras que leva no reino fictício de Zamunda, na África, o príncipe Akeem, herdeiro do trono, decide tentar a vida na América, escolhendo para o isso o bairro do Queens, em Nova York. Os fãs desse clássico da comédia norte-americana foram surpreendidos em 2019 com a notícia de que a sequência de Um Príncipe em Nova York já está sendo rodada e seu lançamento está previsto para o final de 2020.

17. O Date Perfeito

O Date Perfeito

  • Ano: 2019
  • Direção: Chris Nelson
  • Avaliação no Rotten Tomatoes: 65% (crítica), 37% (público)

Essa comédia romântica adolescente mostra como Brooks Rattigan (Noah Centineo) se virou para conseguir bancar os custos da universidade: criar um aplicativo oferecendo seus serviços como "date perfeito", o que inclui interpretar o tipo de pessoa que suas clientes desejam.

18. O Despertar de Motti

O Despertar de Motti

  • Ano: 2018
  • Direção: Michael Steiner
  • Avaliação no Rotten Tomatoes: 63% (crítica), 64% (público)

Apesar de não ser tão bem avaliado pelos críticos e pelo público no Rotten Tomatoes, O Despertar de Motti é um filme agradável e que certamente vai lhe render boas risadas. Motti é um jovem judeu que, apesar das incansáveis tentativas da mãe, não se apaixona por nenhuma das garotas judias que lhe são apresentadas. Pelo contrário, ele só tem olhos para a sua colega não judia da faculdade.

19. Yucatán

Yucatán

  • Ano: 2018
  • Direção: Daniel Monzón
  • Avaliação no Rotten Tomatoes: 60% (crítica), 70% (público)

Nesta comédia espanhola, vamos a bordo do cruzeiro MS Sovereign, onde o pianista Clayderman e sua esposa Verónica cometem pequenos delitos. A história fica ainda mais emocionante e cômica quando se sabe que um milionário acaba de embarcar. O problema é que outro vigarista, Lucas, um velho conhecido do casal, também está a bordo.

20. Perfeita É a Mãe!

perfeita é a mãe

  • Ano: 2016
  • Direção: Jon Lucas, Scott Moore
  • Avaliação no Rotten Tomatoes: 58% (crítica), 63% (público)

Nesta comédia escrita pelos mesmos roteiristas de Se Beber Não Case, assistimos a uma inversão de papéis de gênero. Mães estressadas com a rotina atribulada resolvem armar uma rebelião contra o sistema que as oprime.

21. Click

Click

  • Ano: 2006
  • Direção: Frank Coraci
  • Avaliação no Rotten Tomatoes: 33% (crítica), 66% (público)

A avaliação da crítica não é lá muito boa, mas Click é um filme que, além de ter cenas bem engraçadas, prende a atenção. Além disso, faz a gente pensar nas nossas verdadeiras prioridades e na forma como levamos a vida. Vale a pena dar uma chance!

22. Ele Está de Volta

ele está de volta

  • Ano: 2016
  • Direção: David Wnendt
  • Avaliação no Rotten Tomatoes: não disponível (crítica), 80% (público)

Setenta anos depois, Adolf Hitler ressurge no mesmo local onde ele se suicidou no final da II Guerra Mundial. Completamente perdido, ele faz amizade com um cinegrafista, que se interessa por sua história, e acaba sendo tomado por um comediante. Apesar de cômico, o filme acende um alerta para tendências totalitárias nas sociedades atuais.

23. Um Namorado para Minha Mulher

Um Namorado para Minha Mulher

  • Ano: 2016
  • Direção: Júlia Rezende
  • Avaliação no Rotten Tomatoes: sem avaliação

Após 15 anos casado, Chico (Caco Ciocler) não aguenta mais seu relacionamento. Mas não tem coragem de terminar com Nena (Ingrid Guimarães). Para resolver a situação, ele contrata um amante para sua esposa: Corvo (Domingos Montagner). Será que vai dar certo?

Leia também:

30 filmes de comédia para você se acabar de tanto rir

Melhores séries de comédia na Netflix