As 20 melhores músicas sertanejas de 2020 para você ouvir sem parar


Gosta de música sertaneja? Tá ligado (a) nos grandes hits de 2019? Então você com certeza vai curtir a nossa lista de 20 músicas, escolhidas entre aquelas que mais bombaram e ainda estão bombando nas rádios de todo o Brasil. Aumenta o volume da caixa de som que é um sucesso atrás do outro!

1 - Cem Mil, Gusttavo Lima

Esse sucesso de Gusttavo Lima fala daquele sentimento meio confuso que quem já teve um grande amor conhece bem: a gente quer evitar a outra pessoa, chega a até falar mal dela, mas sabe que no fundo, lá no fundo, o amor ainda é forte, a ponto de fazer a gente perdoar todos os erros para reviver aqueles momentos inesquecíveis.

2 - Atrasadinha, Felipe Araújo e Ferrugem

Essa parceria é do final de 2018, mas com certeza pode ser considerado um dos grandes hits de 2019 e 2020. Num mix de sertanejo com pagode, a letra conta uma história de paixão avassaladora. É que às vezes a paixão é tão grande que não dá para esperar. Todas as formalidades e rituais ficam em segundo plano quando dá aquela vontade irresistível de beijar a outra pessoa. E daí que é o primeiro encontro?

3 - Tijolão, Jorge & Mateus

A internet trouxe coisas ótimas para as nossas vidas - disso ninguém duvida. Mas tem horas que a gente até pensa em largar mão de todas as vantagens modernas só para não ter que ver certas coisas nas redes sociais. Para não sofrer vendo os posts do ex-amor, tem gente que que jogar trocar o smartphone pelo velho tijolão.

4 - Quando a Bad Bater, Luan Santana

Grande sucesso de 2019, Quando a Bad Bater narra um momento crítico de um relacionamento que está por um triz. O refrão é um misto de advertência com súplica desesperada para que a outra pessoa não vá embora. Afinal, ela "Não vai saber o que fazer / Quando a bad bater".

5 - Bebaça, Marília Mendonça

Bebaça, como o próprio nome já diz, conta a história de uma bebedeira inesquecível - mas inesquecível só para quem estava junto, porque a amiga bebaça, que subiu na mesa e chegou até a paquerar o garçom, não lembra de absolutamente nada... Tudo isso na voz do fenômeno sertanejo chamado Marília Mendonça. Nesta versão, Marília Mendonça conta com a participação da dupla Maiara & Maraísa.

6 - Cara Feio, Fernando & Sorocaba

Essa dupla vem emplacando sucessos já há um bom tempo, pelo menos desde 2008. Cara Feio, apesar da dor de cotovelo, é daqueles hits que o público canta em coro nos shows, indo ao delírio no refrão: "Aí bebi, chorei / Quando eu vi minha ex / Beijando aquele cara feio / Ô bicho feio".

7 - Igual Ela Só Uma, Wesley Safadão

O super bem-sucedido Wesley Safadão é um especialista em produzir grandes hits, como os velhos conhecidos Camarote e Meu Coração Deu PT. O sucesso da vez é um elogio da namorada atual e um xô pra tentação. Afinal, "Igual ela só uma, igual você tem cem".

8 - Rapariga Digital, Naiara Azevedo

Da mesma forma que o celular invadiu as nossas vidas, ele invadiu a música brasileira. Selfies, compartilhamento de fotos, redes sociais, tudo isso faz parte do universo musical, principalmente o sertanejo. Nessa música, Naiara Azevedo conta uma história cada vez mais comum nos dias de hoje: uma briga de casal que começou quando um dos dois flagrou conversas proibidas no celular do outro. Como diz a música, "Quer conhecer uma pessoa pega o celular dela".

9 - Jenifer, Gabriel Diniz

Um verdadeiro estouro na voz do saudoso Gabriel Diniz, Jenifer retrata uma discussão entre possíveis ex-namorados provocada pela foto de uma mulher no celular - mulher que, como sabemos, se chama Jenifer, ele conheceu no Tinder e até poderia ser sua namorada. Impossível não cantar esse refrão delicioso!

10 - Vou Ter Que Superar, Matheus & Kauan

A música lenta combina com o tema: a tristeza e o arrependimento após o fim de um relacionamento. Dorzinha de cotovelo gostosa para ouvir e dançar a dois, ou para chorar as pitangas sozinho (a) lembrando da pessoa que um dia já fez parte da sua vida. Mas a vida continua. E, como diz a letra, "Vou ter que superar". A música já é boa, mas com participação especial da Marília Mendonça fica melhor ainda!

11 - Ferida Curada, Zé Neto & Cristiano

Tem muita música que fala de sofrimento, de ferida de amor não curada, dor de cotovelo etc. Pois essa aqui é bem diferente. A tristeza já faz parte do passado e a superação já veio faz um tempo. Resta agora é consolar a outra pessoa, que está na maior bad. Acontece.

12 - Bagunça Minha Vida, George Henrique & Rodrigo

Sabe aquela paixão avassaladora, que chega do nada e literalmente bagunça a vida da gente? Pois é disso que a dupla George Henrique & Rodrigo fala nessa música. O desejo é tanto que não importa se o lance vai durar ou não: o que importa é que agora é bom. Quem nunca, hein?

13 - Para, Pensa e Volta, Yasmin Santos

Esse é o típico sertanejo romântico que deixa a gente com os olhos marejados. Ainda mais no belo dueto de Yasmin Santos e Marília Mendonça. O final do relacionamento, a sensação de estar perdido, desamparado, a saudade que dói por dentro... E no final, a súplica: "Para, pensa e volta". Haja sofrimento!

14 - Vontade de Não Prestar, João Neto & Frederico

Os irmãos João Neto e Frederico estão na estrada há uns bons anos. Explodiram nacionalmente em 2007, com o CD Acústico Ao Vivo. Desde então, têm emplacado grandes sucessos. Um dos últimos é Vontade de Não Prestar, um elogio à solteirice. Bom, o título e o clipe já dizem tudo.

15 - Infarto, Diego & Victor Hugo

Os sintomas de infarto descritos na música têm uma única razão: a mulher de um metro e sessenta que acabou de entrar pela porta. Essa música tá bombando no YouTube e nas rádios de todo o Brasil. Sinal de que a dupla de amigos mineiros, que além de ótimos intérpretes são compositores de sucesso, chegou para ficar.

16 - Casal Raiz, Xand Avião

O ex-Aviões do Forró embarcou na carreira solo e deu muito certo. Também, com um hit desses! O refrão chiclete é uma verdadeira exaltação do que ele chama de "casal raiz": dois parceiros que se amam, que dividem a vida e que, diferentemente do casal Nutella, não se separa por qualquer briguinha besta. E você: é casal Nutella ou casal raiz?

17 - Pedaço Meu, Cleber & Cauan

Já sentiu seu coração despedaçar alguma vez? Se não sentiu, com certeza já ouviu falar. Pois essa música interpretada pela dupla Cleber & Cauan fala exatamente disso. Os pedaços estão espalhados por vários lugares, e a única coisa capaz de juntar tudo de novo é um beijo dela. Bonito, né?

18 - Flor Que Se Cheira, Guilherme & Benuto

Os dois sabiam bem o que estavam fazendo, e mesmo assim seguiram em frente. Dizem que quando um não é flor que se cheira já tem problemas à vista, agora imagine o que acontece "Quando a malandra / Se apaixona no tranqueira"? Seja como for, uma coisa é certa: com certeza não vai ser uma relação monótona.

19 - Aperte o Play, Simone & Simaria

As irmãs Simone & Simaria ganharam projeção nacional em 2015, quando lançaram o DVD Bar das Coleguinhas. Daí até hoje elas serem conhecidas como Coleguinhas. Esse novo hit conta a história de um encontro amoroso que deu certo até demais. Já ouviu aquela expressão: "deu match"? Foi tão bom que dá vontade de apertar o play para começar de novo.

20 - Quem Pegou Pegou, Henrique & Juliano

A dupla de irmãos começou a bombar em 2013, quando emplacou sucessos como Recaídas e Não Tô Valendo Nada. De lá para cá, é um hit atrás do outro. Quem Pegou Pegou é um dos últimos grandes sucessos da dupla. Bem diferente de Não Tô Valendo Nada, em que o desejo de trair é mais forte do que nunca, esta nova música retrata o exato momento do fim da gandaia e o início de um relacionamento que tem tudo para ser duradouro.

Leia também: