As 20 melhores músicas sertanejas de 2019 para você ouvir sem parar


Gosta de música sertaneja? Tá ligado (a) nos grandes hits de 2019? Então você com certeza vai curtir a nossa lista de 20 músicas, escolhidas entre aquelas que mais bombaram e ainda estão bombando nas rádios de todo o Brasil. Aumenta o volume da caixa de som que é um sucesso atrás do outro!

1 - Cem Mil, Gusttavo Lima

Esse sucesso de Gusttavo Lima fala daquele sentimento meio confuso que quem já teve um grande amor conhece bem: a gente quer evitar a outra pessoa, chega a até falar mal dela, mas sabe que no fundo, lá no fundo, o amor ainda é forte, a ponto de fazer a gente perdoar todos os erros para reviver aqueles momentos inesquecíveis.

2 - Atrasadinha, Felipe Araújo e Ferrugem

Essa parceria é do final de 2018, mas com certeza pode ser considerado um dos grandes hits de 2019. Num mix de sertanejo com pagode, a letra conta uma história de paixão avassaladora. É que às vezes a paixão é tão grande que não dá para esperar. Todas as formalidades e rituais ficam em segundo plano quando dá aquela vontade irresistível de beijar a outra pessoa. E daí que é o primeiro encontro?

3 - Tijolão, Jorge & Mateus

A internet trouxe coisas ótimas para as nossas vidas - disso ninguém duvida. Mas tem horas que a gente até pensa em largar mão de todas as vantagens modernas só para não ter que ver certas coisas nas redes sociais. Para não sofrer vendo os posts do ex-amor, tem gente que que jogar trocar o smartphone pelo velho tijolão.

4 - Quando a Bad Bater, Luan Santana

Grande sucesso de 2019, Quando a Bad Bater narra um momento crítico de um relacionamento que está por um triz. O refrão é um misto de advertência com súplica desesperada para que a outra pessoa não vá embora. Afinal, ela "Não vai saber o que fazer / Quando a bad bater".

5 - Bebaça, Marília Mendonça

Bebaça, como o próprio nome já diz, conta a história de uma bebedeira inesquecível - mas inesquecível só para quem estava junto, porque a amiga bebaça, que subiu na mesa e chegou até a paquerar o garçom, não lembra de absolutamente nada... Tudo isso na voz do fenômeno sertanejo chamado Marília Mendonça. Nesta versão, Marília Mendonça conta com a participação da dupla Maiara & Maraísa.

6 - Cara Feio, Fernando & Sorocaba

Essa dupla vem emplacando sucessos já há um bom tempo, pelo menos desde 2008. Cara Feio, apesar da dor de cotovelo, é daqueles hits que o público canta em coro nos shows, indo ao delírio no refrão: "Aí bebi, chorei / Quando eu vi minha ex / Beijando aquele cara feio / Ô bicho feio".

7 - Igual Ela Só Uma, Wesley Safadão

O super bem-sucedido Wesley Safadão é um especialista em produzir grandes hits, como os velhos conhecidos Camarote e Meu Coração Deu PT. O sucesso da vez é um elogio da namorada atual e um xô pra tentação. Afinal, "Igual ela só uma, igual você tem cem".

8 - Rapariga Digital, Naiara Azevedo

Da mesma forma que o celular invadiu as nossas vidas, ele invadiu a música brasileira. Selfies, compartilhamento de fotos, redes sociais, tudo isso faz parte do universo musical, principalmente o sertanejo. Nessa música, Naiara Azevedo conta uma história cada vez mais comum nos dias de hoje: uma briga de casal que começou quando um dos dois flagrou conversas proibidas no celular do outro. Como diz a música, "Quer conhecer uma pessoa pega o celular dela".

9 - Jenifer, Gabriel Diniz

Um verdadeiro estouro em 2019 na voz do saudoso Gabriel Diniz, Jenifer retrata uma discussão entre possíveis ex-namorados provocada pela foto de uma mulher no celular - mulher que, como sabemos, se chama Jenifer, ele conheceu no Tinder e até poderia ser sua namorada. Impossível não cantar esse refrão delicioso!

10 - Vou Ter Que Superar, Matheus & Kauan

A música lenta combina com o tema: a tristeza e o arrependimento após o fim de um relacionamento. Dorzinha de cotovelo gostosa para ouvir e dançar a dois, ou para chorar as pitangas sozinho (a) lembrando da pessoa que um dia já fez parte da sua vida. Mas a vida continua. E, como diz a letra, "Vou ter que superar". A música já é boa, mas com participação especial da Marília Mendonça fica melhor ainda!

11 - Ferida Curada, Zé Neto & Cristiano

Tem muita música que fala de sofrimento, de ferida de amor não curada, dor de cotovelo etc. Pois essa aqui é bem diferente. A tristeza já faz parte do passado e a superação já veio faz um tempo. Resta agora é consolar a outra pessoa, que está na maior bad. Acontece.

12 - Bagunça Minha Vida, George Henrique & Rodrigo

Sabe aquela paixão avassaladora, que chega do nada e literalmente bagunça a vida da gente? Pois é disso que a dupla George Henrique & Rodrigo fala nessa música. O desejo é tanto que não importa se o lance vai durar ou não: o que importa é que agora é bom. Quem nunca, hein?

13 - Para, Pensa e Volta, Yasmin Santos

Esse é o típico sertanejo romântico que deixa a gente com os olhos marejados. Ainda mais no belo dueto de Yasmin Santos e Marília Mendonça. O final do relacionamento, a sensação de estar perdido, desamparado, a saudade que dói por dentro... E no final, a súplica: "Para, pensa e volta". Haja sofrimento!

14 - Vontade de Não Prestar, João Neto & Frederico

Os irmãos João Neto e Frederico estão na estrada há uns bons anos. Explodiram nacionalmente em 2007, com o CD Acústico Ao Vivo. Desde então, têm emplacado grandes sucessos. Um dos últimos é Vontade de Não Prestar, um elogio à solteirice. Bom, o título e o clipe já dizem tudo.

15 - Infarto, Diego & Victor Hugo

Os sintomas de infarto descritos na música têm uma única razão: a mulher de um metro e sessenta que acabou de entrar pela porta. Essa música tá bombando no YouTube e nas rádios de todo o Brasil. Sinal de que a dupla de amigos mineiros, que além de ótimos intérpretes são compositores de sucesso, chegou para ficar.

16 - Casal Raiz, Xand Avião

O ex-Aviões do Forró embarcou na carreira solo e deu muito certo. Também, com um hit desses! O refrão chiclete é uma verdadeira exaltação do que ele chama de "casal raiz": dois parceiros que se amam, que dividem a vida e que, diferentemente do casal Nutella, não se separa por qualquer briguinha besta. E você: é casal Nutella ou casal raiz?

17 - Pedaço Meu, Cleber & Cauan

Já sentiu seu coração despedaçar alguma vez? Se não sentiu, com certeza já ouviu falar. Pois essa música interpretada pela dupla Cleber & Cauan fala exatamente disso. Os pedaços estão espalhados por vários lugares, e a única coisa capaz de juntar tudo de novo é um beijo dela. Bonito, né?

18 - Flor Que Se Cheira, Guilherme & Benuto

Os dois sabiam bem o que estavam fazendo, e mesmo assim seguiram em frente. Dizem que quando um não é flor que se cheira já tem problemas à vista, agora imagine o que acontece "Quando a malandra / Se apaixona no tranqueira"? Seja como for, uma coisa é certa: com certeza não vai ser uma relação monótona.

19 - Aperte o Play, Simone & Simaria

As irmãs Simone & Simaria ganharam projeção nacional em 2015, quando lançaram o DVD Bar das Coleguinhas. Daí até hoje elas serem conhecidas como Coleguinhas. Esse novo hit conta a história de um encontro amoroso que deu certo até demais. Já ouviu aquela expressão: "deu match"? Foi tão bom que dá vontade de apertar o play para começar de novo.

20 - Quem Pegou Pegou, Henrique & Juliano

A dupla de irmãos começou a bombar em 2013, quando emplacou sucessos como Recaídas e Não Tô Valendo Nada. De lá para cá, é um hit atrás do outro. Quem Pegou Pegou é um dos últimos grandes sucessos da dupla. Bem diferente de Não Tô Valendo Nada, em que o desejo de trair é mais forte do que nunca, esta nova música retrata o exato momento do fim da gandaia e o início de um relacionamento que tem tudo para ser duradouro.

Leia também: As melhores músicas sertanejas românticas para embalar seu coração

As 20 músicas mais tocadas no Brasil em 2018

23 músicas românticas brasileiras para dedicar ao seu amor

25 melhores músicas de amor da MPB do passado