Conheça todos os presidentes dos EUA (e o que fizeram)


De heróis nacionais a homens meio malucos, os Estados Unidos da América têm tido muitos presidentes diferentes! Chegar a presidente na América não é fácil mas a verdadeira prova de fogo é o mandato. Cada presidente marcou o país (e o mundo) à sua maneira…

1. George Washington (1789-1797)

George Washington

Contado entre os Pais Fundadores dos Estados Unidos, Washington foi o general que liderou a revolução de independência. Ele foi eleito por unanimidade pelo Colégio Eleitoral e nunca se afiliou a um partido. Durante seus 2 mandatos, Washington fundou várias tradições presidenciais e tentou estabilizar o jovem país. Ele é um dos presidentes favoritos dos americanos.

2. John Adams (1797-1801)

John Adams

Depois de servir como o primeiro vice-presidente dos EUA, John Adams se tornou o segundo presidente. Durante seu mandato, Adams conseguiu evitar uma grande guerra com a França, apesar de muitos membros do governo quererem entrar na luta. Adams também investiu em expandir o exército americano e foi o primeiro presidente a morar na Casa Branca.

3. Thomas Jefferson (1801-1809)

Thomas Jefferson

Jefferson foi outro dos Pais Fundadores dos EUA e redigiu a Declaração de Independência. Como presidente, ele comprou a região de Louisiana de Napoleão, duplicando o território do país. Ele também promoveu expedições para explorar a região ocidental.

4. James Madison (1809-1817)

James Madison

Antes de se tornar presidente, James Madison foi o homem que liderou a criação da Constituição dos Estados Unidos (que continua em vigor hoje). Durante seu mandato, ele declarou guerra à Inglaterra, que estava atacando os navios americanos. Ele tentou invadir o Canadá, sem sucesso, mas a Inglaterra também não conseguiu conquistar os EUA.

5. James Monroe (1817-1825)

James Monroe

A presidência de James Monroe foi marcada pela paz com outros países. Tratados foram assinados com a Inglaterra e a Rússia, marcando fronteiras com suas colônias, e a Espanha cedeu a Flórida aos EUA. Os Estados Unidos também reconheceram os novos países da América Latina, que se tinham tornado independentes da Espanha.

6. John Quincy Adams (1825-1829)

John Quincy Adams

Filho do segundo presidente, John Quincy Adams foi o primeiro presidente que não foi um dos Pais Fundadores. Ele teve uma grande carreira política, antes e depois de ser presidente. Mas, durante seu mandato, ele enfrentou bastante oposição. Adams investiu em infra-estruturas essenciais para o país e manteve a paz com outras nações.

7. Andrew Jackson (1829-1837)

Andrew Jackson

Antes de entrar na política, Andrew Jackson foi um militar que liderou o exército americano para várias vitórias. Ele tinha fama de ter um temperamento explosivo mas era popular com o povo. Como presidente, ele fez várias reformas no governo, para diminuir a corrupção. Jackson foi o único presidente que conseguiu pagar toda a dívida do país (mas por pouco tempo).

8. Martin Van Buren (1837-1841)

Martin Van Buren

Martin Van Buren foi o primeiro presidente a nascer nos Estados Unidos depois da independência. Seu mandato foi marcado por uma crise econômica muito séria, que ele não conseguiu controlar. Ele também enfrentou tensões com a Inglaterra e o Canadá.

9. William Henry Harrison (1841)

William Henry Harrison

Quando chegou ao poder, William Henry Harrison tinha uma agenda ambiciosa para melhorar a situação do país. Mas não estava destinado. Poucas semanas depois de assumir o cargo, ele pegou pneumonia. Harrison morreu com apenas um mês no poder, tornando-se assim a presidência mais curta do país.

10. John Tyler (1841-1845)

John Tyler

John Tyler era o vice-presidente e assumiu a presidência quando Harrison morreu. Seu mandato foi complicado, com muita oposição política e dificuldade em restaurar a economia. Mas um sucesso que ele conquistou foi o início do processo de anexação do Texas aos Estados Unidos.

11. James K. Polk (1845-1849)

James K. Polk

Em apenas um mandato, Polk conseguiu reorganizar a economia do governo, melhorar as infraestruturas do país e expandir o território dos EUA até o Pacífico! Em um tratado a Inglaterra, ele anexou o estado de Oregon, e depois de uma guerra com o México, expandiu ainda mais o tamanho do país.

12. Zachary Taylor (1849-1850)

Zachary Taylor

Zachary Taylor era um oficial do exército que se tornou muito popular por causa de suas vitórias contra os mexicanos. Mas sua presidência foi marcada por grandes tensões entre os defensores da escravatura e e os que lutavam para a abolir. Seu mandato é um dos mais curtos da história devido à sua morte por doença.

13. Millard Fillmore (1850-1853)

Millard Fillmore

Como vice-presidente de Taylor, Fillmore assumiu o poder quando o presidente morreu. Ele herdou as divisões políticas sobre a escravatura e passou grande parte de seu mandato a negociar um compromisso entre os dois lados.

14. Franklin Pierce (1853-1857)

Franklin Pierce

Franklin Pierce continuou a política de expansão do território dos EUA e procurou aumentar a influência do país sobre as Américas e o Japão. Mas seu apoio a políticas que favoreciam a escravatura dividiu ainda mais o país.

15. James Buchanan (1857-1861)

James Buchanan

O mandato de James Buchanan não correu nada bem. Sua presidência começou com uma grave crise econômica, causada pelo colapso de muitos bancos, que ele não ajudou a resolver. As divisões sobre a escravatura aumentaram e, nos últimos meses de seu mandato, alguns estados do sul, a favor da escravatura, se separaram do resto do país.

16. Abraham Lincoln (1861-1865)

Abraham Lincoln

A posição de Lincoln contra a escravatura levou à separação dos estados do sul quando ele ganhou a eleição. Os estados separatistas formaram a Confederação, o que causou uma guerra civil. As forças de Lincoln venceram a guerra e ele instituiu a 13ª emenda à Constituição dos EUA, levando à abolição da escravatura em todo o país. Ele é um dos presidentes favoritos da América.

17. Andrew Johnson (1865-1869)

Andrew Johnson

Andrew Johnson se tornou presidente quando Abraham Lincoln foi assassinado. Infelizmente, ele não tinha nada do caráter de Lincoln e passou grande parte de seu mandato em luta com o Congresso. Com o fim da guerra civil, ele aprovou leis que limitavam muito a liberdade de ex-escravos e que mantiveram a segregação racial. Durante sua presidência, o Alasca foi comprado da Rússia.

18. Ulysses S. Grant (1869-1877)

Ulysses S. Grant

Grant foi um general importante, que teve várias vitórias na guerra civil. Quando se tornou presidente, defendeu os direitos dos afro-americanos e tentou melhorar as relações com os povos indígenas. Mas seu governo também foi marcado por uma grave crise econômica e muita corrupção entre políticos.

19. Rutherford B. Hayes (1877-1881)

Rutherford B. Hayes

A eleição de Hayes foi controversa, por causa de votos perdidos em fraude, mas ele ganhou (por pouco). Ele tentou proteger os direitos de afro-americanos e manter a paz nos estados que favoreciam a escravatura, mas não teve muito sucesso. Hayes também teve de lidar com uma importante greve dos trabalhadores de comboios, que se tornou violenta.

20. James A. Garfield (1881)

James A. Garfield

Durante sua presidência, Garfield tentou promover a educação básica para todos e a integração de afro-americanos. Ele também lutou contra a corrupção e reorganizou departamentos do governo. Seu mandato durou menos de um ano, porque foi assassinado.

21. Chester A. Arthur (1881-1885)

Chester A. Arthur

Chester A. Arthur tomou o lugar de Garfield quando este foi assassinado. Inicialmente contra as reformas do seu predecessor, Arthur mudou de ideias e continuou com a reorganização dos departamentos, lutando contra a corrupção. Ele também reformou a marinha, que se tornou mais forte.

22. Grover Cleveland (1885-1889)

Grover Cleveland

Ao contrário dos presidentes que vieram antes dele, Cleveland era contra a expansão dos EUA. Ele manteve a paz com outros países, não se envolvendo em conflitos internacionais, e se concentrou mais em melhorar as defesas e o exército do país.

23. Benjamin Harrison (1889-1893)

Benjamin Harrison

Benjamin Harrison foi o único presidente que foi neto de outro presidente, William Henry Harrison. Ele continuou a investir na marinha e se envolveu mais na política internacional. No entanto, suas políticas internas foram um fracasso: não conseguiu baixar os impostos, resolver os problemas econômicos nem impor o direito ao voto dos afro-americanos.

24. Grover Cleveland (1893-1897)

Grover Cleveland

Cleveland foi o único presidente dos EUA que foi eleito duas vezes não seguidas. Mas seu segundo mandato foi marcado por uma grave crise econômica, que gerou descontentamento, greves e violência.

25. William McKinley (1897-1901)

William McKinley

Durante seu mandato, McKinley conseguiu mudar a situação econômica do país, acabando com a crise. Ele entrou em guerra com Espanha por Cuba e saiu vitorioso. Foi também durante sua presidência que o Havaí foi anexado aos EUA. McKinley ganhou uma segunda eleição mas foi assassinado pouco depois.

26. Theodore Roosevelt (1901-1909)

Theodore Roosevelt

Depois de ter assumido a presidência quando McKinley morreu, Theodore Roosevelt se tornou um dos presidentes mais populares dos EUA. Ele ganhou fama por tomar decisões justas, lutar contra a corrupção e promover o bem-estar do povo. Roosevelt também mediou várias desavenças internacionais, pondo fim a alguns conflitos.

27. William Howard Taft (1909-1913)

William Howard Taft

Taft foi o sucessor preparado por Roosevelt mas não tinha a mesma presença. Ele continuou a política de desmantelamento de monopólios comerciais e interferiu bastante em países da América Central. O canal do Panamá foi construído durante seu mandato.

28. Woodrow Wilson (1913-1921)

Woodrow Wilson

A Primeira Guerra Mundial ocorreu durante a presidência de Woodrow Wilson. De início, os EUA se mantiveram neutros mas, em 1917, o país entrou na guerra contra a Alemanha, por causa das crescentes ameaças vindas desse país. Isso acelerou o fim da guerra e Wilson participou ativamente no processo de paz e na criação da Liga das Nações.

29. Warren G. Harding (1921-1923)

Warren G. Harding

Durante sua presidência, Warren G. Harding concluiu os acordos de paz e procurou estabilizar o país no fim da guerra. Depois de uma breve crise, a economia cresceu e evoluiu, com mais investimento em novidades como a eletricidade e o carro. O mandato de Harding terminou abruptamente, quando morreu de um ataque cardíaco.

30. Calvin Coolidge (1923-1929)

Calvin Coolidge

Coolidge assumiu o cargo de presidente quando Harding faleceu, mas depois conseguiu ganhar uma eleição. Discreto e de poucas palavras, Coolidge evitava controvérsias mas defendeu a igualdade de direitos entre pessoas de raças diferentes. Durante seu mandato, a economia cresceu muito e os impostos foram reduzidos.

31. Herbert Hoover (1929-1933)

Herbert Hoover

Herbert Hoover teve azar. Pouco depois de se tornar presidente, houve um colapso total da economia, que ficou conhecido como a Grande Depressão. Em vez de resolver o problema, várias de suas medidas pioraram a crise! O desemprego e a pobreza atingiram níveis assustadores.

32. Franklin D. Roosevelt (1933-1945)

Franklin D. Roosevelt

Franklin Roosevelt, um primo afastado do presidente Theodore Roosevelt, veio com a promessa de salvação. Sua política de reformas e apoio ao emprego ficou conhecida como o New Deal. Durante sua presidência, os EUA entraram (tarde, outra vez) na Segunda Guerra Mundial, que ajudaram a terminar. Franklin Roosevelt teve a presidência mais longa dos EUA, tendo falecido pouco depois de ganhar sua 4ª eleição.

33. Harry S. Truman (1945-1953)

Harry S. Truman

Truman herdou a presidência quando Roosevelt faleceu. Um de seus primeiros atos foi a ordem de lançamento das bombas atômicas sobre Nagasaki e Hiroshima. Com o fim da guerra, ele promoveu o Plano Marshall, que ajudou a reconstruir a Europa, foi um dos fundadores da Organização das Nações Unidas e apoiou a criação do Estado de Israel. Sua presidência marcou o início da Guerra Fria.

34. Dwight D. Eisenhower (1953-1961)

Dwight D. Eisenhower

Antes de ser presidente, Eisenhower foi um general que alcançou vitórias importantes na Segunda Guerra Mundial. Durante sua presidência, a Guerra Fria escalou, levando à corrida por armas nucleares e pela exploração espacial. Os EUA começaram uma política internacional muito agressiva, interferindo em muitos países, em sua luta contra o comunismo.

35. John F. Kennedy (1961-1963)

John F. Kennedy

Kennedy foi um presidente bastante popular, que apoiou a luta pela igualdade racial, liderada por Martin Luther King. A nível internacional, sua presidência foi marcada pela continuação da Guerra Fria, que se tornou bastante quente com a crise dos mísseis em Cuba. O mandato de Kennedy terminou cedo devido ao seu assassinato, tragédia que se tornaria um dos acontecimentos mais marcantes do século XX.

36. Lyndon B. Johnson (1963-1969)

Lyndon B. Johnson

Como vice-presidente, Johnson tomou o lugar de Kennedy quando este morreu. Ele conseguiu instituir leis nacionais contra a discriminação racial e trabalhou muito para reduzir a pobreza nos EUA. Ele também deu muito financiamento à educação. Durante sua presidência, a guerra no Vietname escalou.

37. Richard Nixon (1969-1974)

Richard Nixon

Logo no início da presidência de Nixon, os EUA puseram o primeiro homem na lua. Nixon procurou melhorar as relações com a China e conseguiu fazer alguns acordos com a União Soviética. Ele ordenou a retirada do Vietnã e a América perdeu a guerra. Nixon foi o único presidente a se demitir, antes de enfrentar um impeachment por causa de seu envolvimento no escândalo de Watergate.

38. Gerald Ford (1974-1977)

Gerald Ford

Como vice-presidente, Gerald Ford subiu ao poder quando Nixon se demitiu. Ele usou seu poder para perdoar oficialmente Nixon de seus crimes no escândalo Watergate, causando muita polêmica. Seu curto mandato não foi fácil, com uma grave crise econômica e duas tentativas de assassinato.

39. Jimmy Carter (1977-1981)

Jimmy Carter

Jimmy Carter conseguiu reduzir a crise econômica, mas depois enfrentou outra crise quando o preço do petróleo subiu. Ele criou dois novos departamentos no governo: o departamento de Energia e o de Educação. O fim de sua presidência foi marcado por uma nova escalada da guerra fria, que antes se tinha acalmado.

40. Ronald Reagan (1981-1989)

Ronald Reagan

Durante sua presidência, Ronald Reagan conseguiu reverter a crise econômica dos EUA. Por outro lado, a ajuda do governo a pessoas mais necessitadas diminuiu e o mercado sofreu enormes desregulações que ainda hoje afetam a economia americana. Reagan começou uma campanha contra drogas e também viu a União Soviética entrar em colapso.

41. George H. W. Bush (1989-1993)

George H. W. Bush

A presidência do primeiro George Bush começou com o colapso total da União Soviética e sua influência sobre o mundo. Ele envolveu os EUA na Guerra do Golfo, lutando contra o Iraque quando esse país invadiu o Kuwait. Atualmente, George H. R. Bush é o antigo presidente mais idoso da história da América.

42. Bill Clinton (1993-2001)

Bill Clinton

A presidência de Bill Clinton foi marcada por um período de prosperidade e crescimento econômico. Ele lutou para criar um sistema de saúde nacional mas não conseguiu. Clinton envolveu os EUA em vários conflitos internacionais, incluindo a luta contra o Al-Qaeda. Por causa de um caso extraconjugal, Clinton enfrentou um impeachment mas foi exonerado.

43. George W. Bush (2001-2009)

George W. Bush

Seguindo os passos do pai, George W. Bush lançou a “guerra contra o terrorismo”, depois do atentado terrorista de 11 de setembro de 2001. Ele invadiu o Iraque e o Afeganistão como parte dessa política, provocando uma guerra longa e muita instabilidade na região. O fim de sua presidência foi marcado por uma grave crise econômica.

44. Barack Obama (2009-2017)

Barack Obama

Barack Obama foi o primeiro presidente negro dos EUA. Ele herdou uma crise econômica séria, que foi revertida devagar, com a criação de mais empregos. Obama ficou conhecido por defender o casamento homossexual, um sistema de saúde nacional e um controle mais apertado de armas de fogo. Ele tentou diminuir o envolvimento dos EUA no Iraque e no Afeganistão mas ordenou intervenção militar na Líbia.

45. Donald Trump (2017-)

Donald Trump

Donald Trump é possivelmente o presidente mais controverso dos EUA. Ele ganhou as eleições com a promessa de melhorar a economia e de diminuir a imigração. Ele tem gerado muita polêmica por alegações de assédio sexual, comentários racistas, más relações internacionais, lutas contra a imprensa e por promover o ódio.

Gostou da lista? Descubra também todos os presidentes do Brasil e seus feitos mais marcantes