Os 23 exércitos mais poderosos do mundo em 2021


Os Estados Unidos, a Rússia e a China são os países com os exércitos mais poderosos do mundo hoje. Este ranking é definido pela Global Firepower, um portal analítico de 139 forças militares ao redor do mundo baseado em dados como quantidade de soldados, reservistas, força aérea, equipamentos, orçamento anual militar, entre outros.

Em 2021, o Brasil se encontra na 9º posição entre os exércitos mais fortes do mundo. Conheça o ranking militar dos 23 países que possuem os exércitos mais poderosos do mundo atualmente.

1. Estados Unidos da América

Exército dos Estados Unidos

Soldados ativos: 1.400.000
Orçamento anual: U$‎ 740.5 bilhões
Força aérea: 13.233
Veículos blindados de combate: 40.000
Forças da frota da marinha: 490

Os Estados Unidos é o país com o exército mais poderoso e mais forte de todo o mundo. Isso acontece, pois além de possuir o terceiro maior exército em número de soldados ativos, é também o que mais investe nas forças armadas. Para você ter uma ideia, o país investe 740 bilhões de dólares no exército, enquanto que a China, o segundo país que mais investe, possui um orçamento de 178 bilhões. Os Estados Unidos também possuem a tecnologia mais avançada para combates e defesa atualmente.

2. Rússia

Exército da Rússia

Soldados ativos: 1.014.000
Orçamento anual: U$ 42.1 bilhões
Força aérea: 4.144
Veículos blindados de combate: 27.100
Forças da frota da marinha: 603

Atualmente, a Rússia possui a segunda força militar mais poderosa do mundo. Formado em 1992, após a dissolução da União Soviética, o exército russo foi um dos que mais investiram em força militar nas últimas décadas. A Rússia é também um dos poucos países que produzem seus próprios equipamentos militares, tendo o maior número de tanques e projetores de foguete entre todos os exércitos do mundo.

3. China

Exército da China

Soldados ativos: 2.185.000
Orçamento anual: U$ 178.2 bilhões
Força aérea: 3.260
Veículos blindados de combate: 35.000
Forças da frota da marinha: 777

A China possui o maior exército do mundo em número de soldados ativos. Não era de se espantar, sendo que o país é o mais populoso do mundo. O país é também o segundo com mais financiamento nas forças armadas, ficando atrás apenas dos Estados Unidos. O grande desenvolvimento da China nos últimos anos, faz com que peritos projetem que o exército chinês venha a se tornar ainda mais forte nas próximas décadas.

4. Índia

Exército da Índia

Soldados ativos: 1.455.000
Orçamento anual: U$ 73.6 bilhões
Força aérea: 2.119
Veículos blindados de combate: 10.000
Forças da frota da marinha: 285

A criação do exército indiano aconteceu em 1947 quando o país se tornou independente do Reino Unido e herdou parte do poderio bélico da Grã-Bretanha. O exército teve conflitos que resultaram em guerras contra a China e o Paquistão. Entre as principais missões deste exército, se destacam a manutenção da paz e a patrulha das fronteiras em operações antiterroristas.

5. Japão

Exército do Japão

Soldados ativos: 250.000
Orçamento anual: U$ 51.7 bilhões
Aeronaves: 1.480
Veículos blindados de combate: 5.500
Forças da frota da marinha: 155

Apesar do Japão estar na 23º posição de número de soldados ativos entre os exércitos de todo o mundo, o país configura na quinta posição entre os mais poderosos do planeta. Isso acontece pelo alto investimento em tecnologia e treinamento avançado. Atualmente, a constituição japonesa proíbe o país de promover a guerra para resolução de disputas internacionais.

6. Coréia do Sul

Exército da Coréia do Sul

Soldados ativos: 600.000
Orçamento anual: U$ 48 bilhões
Força aérea: 1.581
Veículos blindados de combate: 14.100
Forças da frota da marinha: 234

O principal objetivo do poderoso exército da Coréia do Sul é manter o país seguro das ameaças e conflitos com a Coréia do Norte. Atualmente, eles são o sétimo em número de soldados ativos e possuem o maior número de reservistas em todo o mundo, com 3 milhões e 100 mil soldados prontos para qualquer situação. Isso acontece, pois o serviço militar é obrigatório no país, onde todos os jovens devem passar 21 meses em treinamento.

7. França

Exército da França

Soldados ativos: 270.000
Orçamento anual: U$ 47.7 bilhões
Força aérea: 1.057
Veículos blindados de combate: 6.420
Forças da frota da marinha: 180

O que melhor define o exército francês é o seu prestígio histórico. De acordo com o historiador britânico Niall Ferguson, de todos os conflitos documentados que aconteceram desde o ano 387 A.C, a França esteve presente em 168 deles, ganhou 109 e perdeu 49 batalhas. Hoje, o exército francês está na sétima colocação entre os mais fortes e poderosos em todo o mundo.

8. Reino Unido

Exércio Britânico

Soldados ativos: 195.000
Orçamento anual: U$ 56 bilhões
Força aérea: 738
Veículos blindados de combate: 5.500
Forças da frota da marinha: 88

O exército britânico configura na lista como o 8º mais poderoso em todo o mundo. Seu histórico em guerras fez com que o exército e o país se tornassem símbolo de prestígio entre as forças armadas do mundo. Ao longo de sua história, o Reino Unido participou das Guerras Napoleônicas, na Revolução dos Estados Unidos e na Primeira e na Segunda Guerra Mundial, o que foi decisivo para tornar este exército um dos mais influentes do mundo e estabelecer o país como potência militar e econômica.

9. Brasil

Exército do Brasil

Soldados ativos: 334.500
Orçamento anual: U$ 29.3 bilhões
Força aérea: 676
Veículos blindados de combate: 2.000
Forças da frota da marinha: 112

O Brasil está atualmente entre os países que possuem um dos 10 exércitos mais poderosos em todo o mundo. Historicamente, as forças armadas do país datam do período da colonização portuguesa, onde o principal objetivo era proteger o país da invasão de outros colonizadores. Após a independência, o exército brasileiro se envolveu em conflitos internos e foi também aliado nas duas grandes Guerras Mundiais.

10. Paquistão

Exército do Paquistão

Soldados ativos: 654.000
Orçamento anual: U$ 12.2 bilhões
Força aérea: 1.364
Veículos blindados de combate: 9.635
Forças da frota da marinha: 100

O exército do Paquistão foi formado após a Partição da Índia, que resultou na independência do país em 1947. Hoje, é o 10º exército mais poderoso do mundo e desde a sua criação, se envolveu em quatro guerras com a vizinha Índia e também teve diversos conflitos nas fronteiras com o Afeganistão. Vale ressaltar, que este é também o maior exército em números de soldados de um país islâmico no mundo.

11. Turquia

Exército da Turquia

Soldados ativos: 355.000
Orçamento anual: U$ 17.3 bilhões
Força aérea: 1.056
Veículos blindados de combate: 11.630
Forças da frota da marinha: 149

Após se tornar membro da OTAN em 1952, a Turquia deu início a um programa de modernização das forças armadas, que continua até hoje. Atualmente, o país coordena as relações militares das forças armadas com os estados membros da Organização. Além disso, se tornou um dos mais poderosos exércitos do mundo, apesar de ter passado recentemente por diversos problemas internos, tal como a tentativa falha de um golpe de Estado em 2016.

12. Itália

Exército da Itália

Soldados ativos: 175.000
Orçamento anual: U$ 30.4 bilhões
Força aérea: 876
Veículos blindados de combate: 8.500
Forças da frota da marinha: 249

A história do exército italiano data da unificação do país entre os anos de 1850 e 1860. Historicamente, eles se envolveram em conflitos de colonização com a China, a Líbia, o norte italiano contra o Império Austro-Húngaro durante a primeira Guerra Mundial e outros importantes conflitos que se deram na história do mundo. Após o fim da Guerra Fria, o exército esteve em missões de manutenção da paz e combates contra o Iraque e o Afeganistão.

13. Egito

Exército do Egito

Soldados ativos: 450.000
Orçamento anual: U$ 10 bilhões
Força aérea: 1.053
Veículos blindados de combate: 11.000
Forças da frota da marinha: 316

Diversos conflitos internos fazem com que o Egito aposte muito no exército para a manutenção da paz dentro do país. O exército egípcio é a maior força militar de todo o continente Africano e já esteve envolvido em diversas guerras contra Israel ao longo do século XX e também se envolveu na Guerra do Golfo entre os anos de 1990 e 1991.

14. Irã

Exército do Irã

Soldados ativos: 525.000
Orçamento anual: U$ 14.1 bilhões
Força aérea: 516
Veículos blindados de combate: 8.500
Forças da frota da marinha: 398

O exército do Irã está na oitava posição entre os maiores em números de soldados ativos em todo o mundo. Históricamente, ele esteve envolvido em duas grandes guerras de invasão, em 1941 contra os aliados da Segunda Guerra Mundial e nos anos de 1980 contra o Iraque, que deu início à Guerra do Irã e Iraque. Os conflitos recentes envolvendo os Estados Unidos da América são uma das maiores preocupações do país.

15. Alemanha

Exército da Alemanha

Soldados ativos: 185.000
Orçamento anual: U$ 57.4 bilhões
Força aérea: 701
Veículos blindados de combate: 5.260
Forças da frota da marinha: 80

Historicamente, o exército alemão passou por diversas transformações e reestruturações ao longo da história. Sendo protagonista das duas Grandes Guerras Mundiais e também importante força na Guerra Fria, o novo exército foi unificado quando o país também se reunificou no começo dos anos de 1990. Desde então, o exército participou de algumas missões internacionais, tal como a invasão do Afeganistão.

16. Indonésia

Exército da Indonésia

Soldados ativos: 400.000
Orçamento anual: U$ 9.2 bilhões
Força aérea: 458
Veículos blindados de combate: 1.430
Forças da frota da marinha: 282

Uma das maiores potências militares do Sudeste Asiático, a Indonésia precisa de muito investimento e muitos soldados para manter as suas ilhas seguras. Para isso, o governo promove a boa relação do exército com a população.

17. Arábia Saudita

Exército da Arábia Saudita

Soldados ativos: 480.000
Orçamento anual: U$ 48.5 bilhões
Força aérea: 889
Veículos blindados de combate: 12.500
Forças da frota da marinha: 55

A Arábia Saudita configura na 10º posição entre os maiores exércitos do mundo pela quantidade de soldados ativos. É um dos maiores compradores a nível mundial de armas de guerra e seu estoque de petróleo é um dos motivos pelo qual o país seja uma das maiores influências internacionais atualmente.

18. Espanha

Exército da Espanha

Soldados ativos: 125.000
Orçamento anual: U$ 12.8 bilhões
Força aérea: 519
Veículos blindados de combate: 3.500
Forças da frota da marinha: 77

Historicamente, o exército espanhol é um dos mais antigos de todo o mundo e podemos considerar que a sua formação data do século 16. Ao longo da história, esteve envolvido em centenas de conflitos envolvendo regiões colonizadas e também esteve presente nas Grandes Guerras Mundiais. Hoje, o exército possui um número reduzido de soldados ativos e reservistas, mas ainda assim, é um dos mais poderosos em todo o mundo.

19. Austrália

Exército da Austrália

Soldados ativos: U$ 60.000
Orçamento anual: 42.7 bilhões
Força aérea: 425
Veículos blindados de combate: 3.050
Forças da frota da marinha: 48

O exército australiano foi formado em 1901 para integrar as Forças Militares da Comunidade Britânica de Nações. Ao longo de sua história, este exército já esteve envolvido em diversas guerras, como a Primeira e Segunda Guerra Mundial, a Guerra do Vietnã, a Guerra da Coréia, entre outros. Hoje, o principal objetivo do exército australiano é promover a segurança da Austrália e do seu povo.

20. Israel

Exército de Israel

Soldados ativos: 170.000
Orçamento anual: U$ 16.6 bilhões
Força aérea: 595
Veículos blindados de combate: 7.500
Forças da frota da marinha: 65

As Forças de Defesa de Israel, também conhecida como Tzahal, é uma das mais influentes da região devido aos conflitos internacionais que o país se encontra. Eles influenciam tanto a política, quanto a economia e a cultura do Estado. Devido ao treinamento rigoroso e ao alistamento militar obrigatório no país, eles possuem hoje uma das melhores reputações em relação ao nível de combate no mundo.

21. Canadá

Exército do Canadá

Soldados ativos: 72.000
Orçamento anual: U$ 23.4 bilhões
Força aérea: 377
Veículos blindados de combate: 1.535
Forças da frota da marinha: 64

O exército canadense é também conhecido como Forças Canadenses, um projeto de unificação entre o exército, a marinha e a força aérea do país. Apesar da Rainha Elizabeth II ser a comandante em chefe das forças armadas, o representante geral é quem comanda o exército no país.

22. Taiwan

Exército de Taiwan

Soldados ativos: 165.000
Orçamento anual: U$ 13 bilhões
Força aérea: 739
Veículos blindados de combate: 8.750
Forças da frota da marinha: 177

Também conhecido como Forças Armadas da República da China, o exército de Taiwan é um dos mais fortes do sudeste asiático. Com forte ligação com os Estados Unidos, país de quem mais compram armamentos, o principal objetivo deste exército atualmente é defender as suas ilhas de um possível ataque do Exército de Libertação Popular chinês.

23. Polônia

Exército da Polônia

Soldados ativos: 120.000
Orçamento anual: U$ 10.7 bilhões
Força aérea: 469
Veículos blindados de combate: 5.125
Forças da frota da marinha: 87

O exército polonês possui uma grande história anterior a 1918, mas foi nesse ano que a formação mais moderna aconteceu a partir de três exércitos separados. Ele ganhou maior força durante a Guerra entre a Polônia e a União Soviética, mas perdeu muitos soldados e poderio durante a Segunda Guerra Mundial. Em anos mais recentes, este poderoso exército esteve envolvido em parte na invasão do Iraque em 2003.

Veja também:

Os maiores exércitos do mundo

Maiores economias do mundo: potências econômicas atuais

Descubra aqui quais são os maiores exércitos da ficção