Quem são as pessoas mais inteligentes do mundo?


O teste de quociente de inteligência (QI) ainda é utilizado como ponto de partida para medir a genialidade das pessoas. Mas como atribuir um número de QI a inegáveis gênios do mundo antigo como Leonardo da Vinci e Isaac Newton? Bom, para isso, cientistas criaram métodos de estudo que cruzam realizações profissionais e acadêmicas ao longo da vida destas pessoas e suas contribuições para a sociedade moderna.

15 pessoas mais inteligentes da história!

Ainda que subjetivo, muitas listas apresentam estas 15 pessoas como as mais inteligentes que já passaram pela Terra. Seja por seus contributos para a física, biologia, medicina, arte, música ou astronomia, estes indivíduos são inegáveis gênios da história.

15. Stephen Hawking

mm-stephen-01

O teorista físico Stephen Hawking nunca revelou seu número de QI em vida. Nem podemos saber se o gênio britânico alguma vez fez o teste. O que é inegável, contudo, são suas contribuições para a ciência. Seu livro “Uma Breve História do Tempo” levou suas teorias sobre o universo para as massas. Hawking sofria de esclerose lateral amiotrófica e esta condição nunca o impediu de continuar investigando os mistérios do universo até o final da sua vida. O físico faleceu em 2018 com 76 anos de idade.

14. Marie Curie

mm-mari-curie-02

A física e química polonesa Marie Curie foi uma pioneira na área da radioatividade. Suas descobertas serviram para o desenvolvimento dos raio-x em cirurgias. Ela foi a primeira mulher a ganhar o prêmio Nobel e a primeira a ganhá-lo por duas vezes. Seu QI é estimado entre 180 e 200.

13. Thomas Wolsey

mm-thomas-03

Este poderoso cardeal britânico teve seu QI estimado em 200. Com uma enorme influência no reinado de Henrique VIII, Wolsey chegou a controlar muitas questões de Estado e teve grande poder sobre a Igreja. Sua queda aconteceu por causa do famoso caso entre Henrique VIII, Catarina de Aragão e Ana Bolena. O cardeal não conseguiu fazer a anulação do casamento de Henrique e por isso foi condenado por traição tendo todo o seu poder tomado.

12. Hipátia

mm-hypatia-04

A primeira mulher da história a ser documentada como matemática era também uma filósofa e chefe da escola platônica de Alexandria no Século IV. Hipátia tem o QI estimado entre 170 e 210. Essa extraordinária mulher também lecionou astronomia e filosofia. Ela foi criticada por seus valores pagãos e morta nas ruas de Alexandria por fanáticos cristãos no ano de 415.

11. John Stuart Mill

mm-john-stuart-05

Uma das maiores vozes sobre o liberalismo econômico, John Stuart Mill é considerado um dos filósofos mais influentes do Século XIX. Seus trabalhos mais reconhecidos passam pela ética, filosofia política e economia. Defensor das liberdade individuais e liberdade e expressão, Stuart Mill tem um QI estimado entre 180 e 200.

10. William Shakespeare

mm-shakespeare-07

Inegavelmente um dos mais influentes escritores e dramaturgos de todos os tempos, a própria existência de William Shakespeare, no entanto, é questionada. Alguns acreditam que muitas das obras que conhecemos hoje podem ter sido de outros autores. Apesar disso, seu nome foi atribuído como Poeta Nacional na Inglaterra e os textos que conhecemos hoje ressoam como influência em diversos autores contemporâneos.

9. Nikola Tesla

mm-tesla-08

Importante inventor e cientista, Nikola Tesla tem o QI estimado entre 160 e 310 por fontes diferentes. Entre seus trabalhos, encontram-se os estudos que são base para a os modernos sistemas de potência elétrica e corrente alternada.

8. Galileo Galilei

mm-galileo-09

Na revolução científica, período entre os séculos XVI e XVIII, Gallileo Galilei foi uma figura primordial. Matemático, físico, filósofo e astrônomo, ele tem o QI estimado entre 180 e 200. Seus descobrimentos mais importantes passam pelos estudos do movimento uniformemente acelerado, o princípio da inércia, o conceito de referencial inercial entre outros. Além disso, ele ajudou na aprimoração do telescópio refrator, desvendando as fases de Vênus, os anéis de Saturno e os satélites de Júpiter.

7. Thomas Young

mm-young-11

Considerado o fundador da ótica fisiológica por descobrir em 1801 o astigmatismo, Thomas Young foi um importante médico, físico e egiptólogo britânico com QI estimado entre 185 e 200. Uma de suas grandes descobertas foi a que o olho humano muda de formato ao focar em objetos em distâncias diferentes. Além disso, ele ajudou a decifrar a Pedra de Rosetta, um fragmento de estrela do Antigo Egito que foi fundamental para a compreensão dos hieróglifos.

6. William Sidis

mm-sidis-12

Muitas listas apontam William Sidis como a pessoa mais inteligente que já viveu. Isso se dá também pelo misticismo envolta da criança prodígio que Sidis foi. Aos 2 anos já lia o New York Times e aos 11 entrou em Harvard. As expectativas para o jovem matemático e linguista eram grandes. Repórteres seguiam ele em diversos locais e eventualmente ele se tornou recluso, arranjando trabalhos braçais e abandonando o mundo acadêmico. Sidis tem o QI estimado entre 250 e 300. Ele morreu com 46 anos de idade em 1944.

5. Nicolau Copérnico

mm-copernicus-14

O brilhante matemático e astrônomo polonês ficou conhecido pelo desenvolvimento da teoria heliocêntrica do Sistema Solar. Sua obra, contudo, foi proibida pela igreja católica por quase três séculos após a sua morte em 1543. Ele tinha o QI estimado entre 160 e 200.

4. Isaac Newton

mm-newton-17

O livro “Princípios Matemáticos da Filosofia Natural” escrito por Isaac Newton no final do Século XVII foi considerado por muitos como o livro mais importante da física e possivelmente da ciência. Mesmo que algumas de suas teorias tenham sido rebatidas ao longo dos séculos, suas contribuições para a lei da gravitação universal foram fundamentais para novas descobertas. O QI deste grande influenciador da ciência foi calculado entre 190 e 200.

3. Albert Einstein

mm-einstein-19

Poucos nomes são sinônimos literais de genialidade. Ser chamado de Einstein é normalmente uma analogia para se referir a alguém muito inteligente. O físico alemão é mais conhecido por sua teoria da relatividade geral e por sua fórmula de equivalência massa-energia E = mc2. De família judia, Einstein teve residência nos Estados Unidos quando o partido nazista tomou o poder durante a Segunda Guerra Mundial. Ele foi um dos maiores críticos da fissão nuclear como arma de guerra.

2. Johann Goethe

mm-goethe-20

Considerado um dos mais importantes autores do mundo, Goethe tem o QI estimado entre 210 e 225. Einstein certa vez disse que o escritor alemão foi “o último homem do mundo que sabia de tudo”. Goethe escreveu romances, peças de teatro, poemas e reflexões teóricas. Suas obras mais conhecidas foram “Os Sofrimentos do Jovem Werthe” e “Fausto”.

1. Leonardo da Vinci

mm-davinci-18

Se Leonardo da Vinci fosse preencher seu currículo no Linkedin, ele provavelmente levaria um bom tempo. Pintor, escultor, arquiteto, músico, matemático, engenheiro, inventor, anatomista, geologista, cartografista, botânico e escritor. Ufa! Esse multifacetado gênio ficou mais conhecido por seus trabalhos enquanto pintor, mas contribuiu para diversas invenções que influenciaram outros artistas e pensadores que viriam após o seu legado. Seu QI é estimado entre 150 e 220 por diferentes fontes.

As pessoas mais inteligentes do mundo hoje! Brasileiros na lista?

Organizações como a Mensa Internacional são destinadas a organizar pessoas de elevado QI em grupos ao redor do mundo. O luso-brasileiro Fabiano de Abreu é um dos membros da seletiva organização. O filósofo tem um QI de 180 e escreve sobre assuntos como a complexidade da vida e seus conceitos.

Outros brasileiros que fazem parte desta prestigiada organização são a autora de ficção científica Cristina Lasaitis, o piloto de fórmula 1 Lucas Tucci Di Grassi e o empresário de tecnologia da informação Marcelo Abrileri.

Ao redor do mundo, os maiores gênios da atualidade continuam atuando em suas áreas e se destacam por suas realizações ainda na infância. Confira a lista.

5. Philip Emeagwali

mm-philip-01

O engenheiro e matemático nigeriano Philip Emeagwali serviu no exército de Biafra com apenas 13 anos de idade. Seus estudos foram interrompidos em 1967 e após a guerra ele estudou sozinho para completar o ensino médio. Ele se destacou pelo uso de novas fórmulas matemáticas para detectar campos de petróleo.

4. Garry Kasparov

mm-gary-02

Considerado o melhor jogador de xadrez de todos os tempos, Garry Kasparov é também um escritor e ativista político, sendo uma das maiores vozes de oposição ao presidente russo Vladimir Putin. Ele também é o embaixador de uma das maiores empresas de segurança virtual do mundo, a Avast.

3. Ainan Cawley

mm-ainan-03

Com um QI estimado em 263, esta criança prodígio deu sua primeira palestra aos 6 anos de idade. Ele passou em rígidos exames de química aos 7 anos e começou a estudar na escola politécnica de Singapura um ano depois. Cawley aprendeu biologia e linguagem de computador sozinho. Ele também é um pianista renomado e compôs a trilha sonora de um curta-metragem em 2012.

2. Christopher Hirata

mm-hirata-04

Imagine trabalhar para a NASA com apenas 16 anos de idade. Com um QI verificado de 225, Christopher Hirata foi considerado um gênio desde a infância. Aos 22 anos obteve o PHD na Universidade de Princeton e trabalha nas áreas da cosmologia e astrofísica.

1. Terence Tao

mm-tao-05

Com um QI verificado de 230, este matemático australiano de origem chinesa alcançou a pontuação de 760 no SAT (uma espécie de vestibular dos Estados Unidos) aos 8 anos de idade. Aos 20 anos obteve o PHD na Universidade de Princeton e se tornou o mais jovem professor da Universidade da Califórnia com 24 anos. Tao é considerado hoje um dos maiores matemáticos vivos. Ele conta que seu interesse por números e padrões teve início aos 2 anos de idade, quando pedia para sua avó desenhar números com detergentes nas janelas de sua casa.

Bônus: Jesus, o homem mais inteligente da história

mm-tao-05

Um dos autores brasileiros mais lidos da última década, Augusto Cury, levou para a ficção a inteligência de Jesus Cristo. No livro, um psicólogo ateu vai à Jerusalém pesquisar sobre a inteligência e complexidade da mente de Cristo.

Na história, o Doutor Marco Polo vai contar com a ajuda de teólogos, um neurocirurgião e sua assistente. Ao longo da história, suas crenças vão sendo colocadas à prova. Teria sido Jesus o homem mais inteligente da história?

Gostou do artigo? Conheça também 17 mulheres importantes que marcaram a história!