Os 14 melhores filmes bíblicos de todos os tempos


Há muitos anos que o livro dos livros é explorado pela 7ª arte, com produções milionárias e vencedoras de muitos prêmios. Diretores de renome, como Pasolini e Martin Scorcese, já fizeram suas versões de passagens da Bíblia.

Bora conferir os 14 melhores? Pegue sua pipoca e se prepare, porque nossa lista só tem filmaço, alguns deles disponíveis no YouTube ou na Netflix.

Filmes bíblicos atuais

1. A Paixão de Cristo

A Paixão de Cristo

  • Ano: 2004
  • Direção: Mel Gibson
  • Gênero: drama

Com 2 indicações ao Oscar, A Paixão de Cristo foi um enorme sucesso comercial, apesar das inúmeras críticas às fortes cenas de violência que, de fato, são abundantes em boa parte do filme. Para quem tiver estômago, vale a pena. O filme narra as 12 últimas horas de Jesus Cristo, da traição à ressurreição, com alguns flashbacks sobre sua a infância. Mel Gibson se baseou em evangelhos do Novo Testamento e em fontes não-bíblicas para recontar a Paixão de Cristo.

2. Noé (disponível na Netflix)

Noé

  • Ano: 2014
  • Direção: Darren Aronofsky
  • Gênero: épico, aventura

A história do herói bíblico com uma roupagem hollywoodiana e atores renomados, como Russell Crowe (Noé), Anthony Hopkins (Matusalém) e Emma Watson (Ila). O resultado é um longa-metragem cheio de efeitos visuais, boas atuações, excelente trilha sonora e muita ação. Em 2015, foi indicado ao Globo de Ouro na categoria melhor canção original.

3. Êxodo: Deuses e Reis

Êxodo Deuses e Reis

  • Ano: 2014
  • Direção: Ridley Scott
  • Gênero: épico

Como o próprio nome já diz, Êxodo pretende contar a história de Moisés e sua incrível jornada de libertação do povo hebreu. Mas, mesmo antes de ser lançado, o filme criou polêmica. Religiosos argumentam que a releitura de Scott afasta-se muito do que está escrito no Antigo Testamento, refutando o título de "filme bíblico". Seja como for, para quem curte cenas de aventura e efeitos especiais, esse longa sem dúvida é uma boa pedida.

4. O Príncipe do Egito (disponível na Netflix)

O Príncipe do Egito

  • Ano: 1998
  • Direção: Brenda Chapman, Steve Hickner e Simon Wells
  • Gênero: musical, animação

Mais uma adaptação do livro "Êxodo", o segundo do Antigo Testamento. Mas desta vez uma grande novidade: trata-se de uma animação. O filme simplesmente bombou no final dos anos 90, rendendo um faturamento milionário para o estúdio de animação DreamWorks. Destaque para o time orginal de dubladores, que conta com nomes como Val Kilmer, Michelle Pfeiffer, Sandra Bullock e Danny Glover, e para a música "When You Believe", interpretada por Whitney Houston e Mariah Carey. Teve 2 indicações ao Oscar e venceu na categoria melhor canção original.

5. O Evangelho Segundo João (disponível no YouTube)

  • Ano: 2003
  • Direção: Philip Saville
  • Gênero: épico

O filme se propõe a ser uma versão fiel ao texto bíblico. Conta com a narração do premiado ator canadense Christopher Plummer, o ator mais velho a conseguir um Oscar. No Rotten Tomatoes, o filme tem uma pontuação baixa entre os críticos de cinema (apenas 37%), mas é bem cotado pelo público (88%).

6. Ressurreição

Ressurreição

  • Ano: 2015
  • Direção: Kevin Reynolds
  • Gênero: drama

Pode-se considerar Ressurreição um filme bíblico porque trata da importante passagem do Novo Testamento em que Jesus, após ser morto na cruz, ressuscita dos mortos no terceiro dia. Mas a história do filme é ficcional. Um militar romano é enviado por Pôncio Pilatos para investigar o sumiço do corpo de Jesus.

7. O Filho de Deus

O Filho de Deus

  • Ano: 2014
  • Direção: Christopher Spencer
  • Gênero: épico, drama

Baseado na famosa minissérie americana The Bible, O Filho de Deus conta a história de Jesus Cristo, do Natal à crucificação. No Rotten Tomatoes, o filme conta com uma pontuação baixa da crítica (apenas 21%). Já os telespectadores que votaram (aproximadamente 42 mil) dão 73% para o filme.

Filmes bíblicos clássicos e antigos

8. A Bíblia

A Biblia

  • Ano: 1966
  • Direção: John Huston
  • Gênero: drama

"No princípio Deus criou os céus e a terra". Para começar uma lista sobre clássicos bíblicos, nada melhor que A Bíblia, que narra os 22 primeiros capítulos do primeiro livro do Antigo Testamento, o Gênesis. O filme vai da criação da Terra aos dias de Abraão. Teve 3 indicações ao Oscar e venceu na categoria melhor trilha sonora. Absolutamente indispensável para quem curte clássicos da Bíblia.

9. Ben-Hur

Ben Hur

  • Ano: 1959
  • Direção: William Wyler
  • Gênero: épico

A história do príncipe Judah Ben-Hur é fictícia e não é contada na Bíblia. Mas, na ficção, ela se cruza com a história de Jesus Cristo, de quem Ben-Hur é contemporâneo. Este filme é um super clássico do cinema mundial, tendo 12 indicações ao Oscar, das quais faturou nada menos que 11 estatuetas, incluindo a de melhor filme.

10. O Evangelho Segundo São Mateus

O Evangelho Segundo São Mateus

  • Ano: 1964
  • Direção: Pier Paolo Pasolini
  • Gênero: drama histórico

O objetivo de Pasolini, um dos maiores cineastas de todos os tempos, foi traduzir fielmente o "Evangelho de Mateus", sem modificar, acrescentar ou retirar nada do que ali está escrito. É dessa leitura do primeiro livro do Novo Testamento que saiu o filme, considerado por muitos críticos uma obra-prima do cinema mundial.

11. Os 10 Mandamentos

Os 10 mandamentos

  • Ano: 1956
  • Direção: Cecil B. DeMille
  • Gênero: ação, drama

A história do profeta Moisés, por si só, já é para lá de emocionante e cheia de ação. Ao receber um tratamento hollywoodiano, fica mais eletrizante ainda. Claro que por se tratar de um filme dos anos 50 não podemos esperar o dinamismo e os efeitos especiais dos filmes de ação atuais. Recebeu 7 indicações ao Oscar de 1957. Venceu na categoria efeitos especiais.

12. Sansão e Dalila

Sansão e Dalila

  • Ano: 1949
  • Direção: Cecil B. DeMille
  • Gênero: drama

Do mesmo diretor do premiado Os 10 Mandamentos, Sansão e Dalila conta a famosa história do "Livro dos Juízes", o sétimo do Antigo Testamento. O hebreu Sansão, possuidor de uma força descomunal, após ser traído e tornar-se escravo, ergue-se para se vingar de seus inimigos filisteus.

13. A Última Tentação de Cristo

A Última Tentação de Cristo

  • Ano: 1988
  • Direção: Martin Scorsese
  • Gênero: drama

Atenção: não espere encontrar em A Última Tentação de Cristo um filme convencional. O Jesus Cristo de Scorcese é mais humano, com dilemas e fraquezas. Para uns, trata-se de uma versão mais realista da história de Cristo. Para outros, uma visão equivocada. Polêmicas à parte, o filme conta com Willem Dafoe no papel de Jesus e David Bowie como Pôncio Pilatos. Teve uma indicação ao Oscar e uma ao Globo de Ouro de 1989. Vale a pena conferir!

14. A Maior História de Todos os Tempos

A Maior História de Todos os Tempos

  • Ano: 1965
  • Direção: George Stevens
  • Gênero: drama histórico

Com 5 indicações ao Oscar de 1966, A Maior História de Todos os Tempos é um super clássico do cinema bíblico que, além de fazer muito sucesso nos anos 60, é até hoje aclamado pela crítica. Narra a história de Jesus de Nazaré, seu nascimento, sua vida como carpinteiro, suas pregações, crucificação e ressurreição.

Leia também:

As 15 músicas gospel mais tocadas em 2019

Os 15 hinos da Harpa Cristã mais populares de sempre