Maiores economias do mundo: 10 potências econômicas atuais


Quanto mais um país apresenta capacidade de produção e distribuição de bens materiais, maior se torna a sua força econômica. As maiores economias globais são as principais potências econômicas do planeta, e você provavelmente tem alguns produtos na sua casa que vieram desses países.

Conheça o ranking da economia mundial de acordo com dados do Banco Mundialsobre o produto interno bruto (PIB) de cada país em 2019. As duas principais potências econômicas atuais são Estados Unidos e China.

1. Estados Unidos: a maior economia do mundo

PIB: 21,4 trilhões de dólares

estados unidos

Responsável por cerca de 24% do PIB mundial, os Estados Unidos são o maior importador e o terceiro maior exportador de produtos do mundo. Grandes marcas globais têm origem no país, como Coca-Cola, Nike e McDonald’s. É o principal produtor de energia elétrica e nuclear, mas também o maior importador de petróleo. Apesar de ser o maior produtor de milho e soja, a agricultura representa menos de 1% do PIB. A maior parte do PIB é composta por serviços: cerca de 67,8%.

As projeções para 2020 não são nada animadoras para os Estados Unidos. Estima-se que, em decorrência da crise mundial, a queda possa girar em torno dos 4,6.

2. China

PIB: 14,3 trilhões de dólares

china

O país com maior crescimento econômico do mundo. A China apresenta um aumento médio de 10% do PIB anualmente. Composto por uma economia mista resultante das reformas econômicas de Xiaoping aplicadas desde 1978. Fazendas foram privatizadas, encerrando a prática da agricultura coletiva. Assim como indústrias na área de mineração e produtos básicos (roupas, processamento de comida e etc) também passaram a fazer parte o setor privado. Estas medidas levaram a China a se tornar a nação com o maior crescimento econômico dos últimos 25 anos.

Devido à crise mundial, a projeção para 2020, segundo o Banco Mundial, é a de que a China cresça 1,6%. Esse será o menor crescimento do gigante asiático desde 1976.

3. Japão

PIB: 5,1 trilhões de dólares

japão

Líder nas áreas de pesquisa científica, médica e no desenvolvimento tecnológico. O Japão possui o maior banco do mundo, o Mitsubishi UFJ Financial Group. A economia japonesa depende essencialmente de uma forte cooperação entre o governo e a indústria, com um grande investimento em alta tecnologia e práticas de redução de desperdício e reciclagem de materiais.

4. Alemanha

PIB: 3,8 trilhões de dólares

alemanha
Fonte: Fotolia

A maior economia da Europa e a grande defensora da prática de uma economia globalizada. É o país que mais exporta, sendo que cerca de 70% do seu PIB é gerado pelo setor de serviços, 29,1% pela indústria e apenas 0,9% provém da agricultura. Tornou-se a maior referência de produção em engenharia, sendo o principal produtor de turbinas eólicas e tecnologia de energia solar do mundo.

5. Índia

PIB: 2,9 trilhões de dólares

India

Com uma taxa de crescimento anual que ronda os 5,8%, a Índia é dos países com crescimento mais acelerado do mundo. É o país que apresenta a maior força de trabalho mundial, contando com 513,6 milhões de pessoas, sendo que 54% da sua produção está no setor de serviços. Isso explica por que a Índia cresceu tanto entre 2018 e 2019, saltando da 7ª para a 5ª posição. França e Reino Unido ficaram para trás.

6. Reino Unido

PIB: 2,8 trilhões de dólares

londres

Londres, a capital do Reino Unido, é a cidade com o maior PIB urbano da Europa, além de dividir o status de maior centro financeiro do mundo com Nova York e ser um dos 3 “centros de comando” da economia global (os outros são Nova York e Tóquio). A maior parte do PIB do Reino Unido, cerca de 73%, está concentrado no setor de serviços. Londres é ainda o maior destino turístico do mundo.

7. França

PIB: 2,7 trilhões de dólares

frança

Embora em declínio, as empresas estatais apresentam grande importância na economia francesa. Desde os anos 90 o país vem gradualmente tornando o setor estatal mais corporativo. Mas o governo continua exercendo grande influência em setores importantes de infra-estrutura como na construção de estradas de ferro, eletricidade, telecomunicações e usinas nucleares. Devido ao crescimento da Índia, a França perdeu uma posição de 2018 para 2019.

8. Itália

PIB: 2 trilhões de dólares

itália

Após a II Guerra Mundial, a Itália sofreu uma grande transformação na sua economia. Passou de um país essencialmente agrícola para uma potência industrial e de exportação. Apesar de não possuir um número muito grande de empresas multinacionais globais, apresenta uma vasta quantidade de empresas de pequeno e médio porte focadas em nichos de mercado e produtos de luxo, que são a base da economia do país.

9. Brasil

PIB: 1,8 trilhão de dólares

Brasil
Fonte: Minas News

Devido à crise econômica, o Brasil perdeu 2 posições neste ranking nos últimos anos. Mas continua entre as maiores economias do mundo e, pelas estimativas, deverá continuar por aqui, já que é o maior produtor de café do mundo há 150 anos e o quarto maior mercado de automóveis. Com uma enorme diversidade, o país é ativo nos setores de mineração, agricultura, manufatura e serviços.

10. Canadá

PIB: 1,7 trilhão de dólares

Canadá

Apesar da grande produção industrial, o Canadá se diferencia de outros países desenvolvidos pelo setor primário ter grande importância para a economia do país. Com o território rico em recursos naturais, é um grande exportador de gás natural e petróleo, mas também de produtos agrícolas como trigo e outros cereais.