Os 18 relógios mais caros do mundo em 2022


Centenas de pedras preciosas, histórias centenárias e donos lendários, estas são apenas algumas das características associadas a alguns dos relógios mais caros do mundo. Confira as maiores curiosidades sobre estas peças raras que valem milhões de dólares!

1. Graff Diamonds Hallucination (U$ 55 milhões)

Graff Diamonds Hallucination
Imagem de divulgação: Graff (Youtube)

O relógio mais caro do mundo tem o nome de “Alucinação” e foi criado pela joalheria multinacional Graff, fundada em 1960 no Reino Unido. A base do relógio é um bracelete de platina cravejada com 110 quilates de diamantes coloridos que possuem diferentes cortes. A parte que revela as horas nesta opulenta peça é bem pequena. Os ponteiros do relógio estão dispostos em um pequeno quartzo rosa com diversos diamantes rosas cravejados a sua volta.

2. Graff Diamonds The Fascination (U$ 40 milhões)

Graff Diamonds The Fascination
Imagem de divulgação: Graff (Youtube)

O “Graff Diamonds The Fascination” combina os diamantes mais preciosos da joalheria Graff com a maestria da produção de relógios suíços. Esta pequena obra de arte apresenta 152.96 quilates de diamantes brancos em torno de uma peça extremamente rara: um diamante branco de 38.13 quilates em formato de pêra. Uma curiosidade muito interessante sobre este relógio é que a peça central pode ser deslocada do bracelete e ser utilizada como um anel.

3. Patek Philippe Grandmaster Chime Ref. 6300A-010 (U$ 31 milhões)

Patek Philippe Grandmaster Chime Ref. 6300A-010
Imagem de divulgação: patek.com

Quando falamos de relógios de luxo, as empresas Patek Philippe e a Rolex são as maiores referências do assunto no mundo. O relógio mais caro desta fabricante suíça foi arrematado por 31 milhões de dólares em um leilão beneficente em 2019. A peça chamada de “Grandmaster Chime” foi criada em 2014 para celebrar o aniversário de 175 anos da relojoaria e se tornou o relógio mais caro já vendido.

Em relação aos materiais, o relógio apresenta mostradores em opalina azul e os numerais foram aplicados em ouro, sendo que a placa central foi produzida em ouro maciço de 18 quilates. A pulseira do relógio também apresenta um material muito raro. Ela foi produzida com couro de crocodilo azul marinho.

4. Breguet Grande Complication Marie Antoinette (U$ 30 milhões)

Breguet Grande Complication Marie Antoinette
Imagem de divulgação: breguet.com

Conhecido também como “o relógio desaparecido de Maria Antonieta”, esta rara peça apresenta uma história centenária que fez com que o seu valor chegasse a casa dos 30 milhões de dólares em anos recentes. De acordo com alguns historiadores, este relógio foi comissionado para a Rainha da França, Maria Antonieta, mas só foi finalizado após a sua morte. Ele foi produzido com a mais alta tecnologia disponível na época e levou cerca de 40 anos para ser completado. Esta peça chegou a ser roubada em 1983, mas conseguiu ser recuperada 23 anos depois. Hoje este relógio se encontra no Museu de Arte Islâmica em Jerusalém.

5. Jaeger-LeCoultre Joaillerie 101 Manchette (U$ 26 milhões)

Jaeger-LeCoultre Joaillerie 101 Manchette
Imagem de divulgação: jaeger-lecoultre.com

Com 576 diamantes e um opulento mostrador de safira, o relógio conhecido como “Jaeger-LeCoultre Joaillerie 101 Manchette” foi um presente dado para a Rainha Elizabeth II em comemoração aos seus 60 anos de reinado. A peça foi criada pela relojoaria de luxo suíça Jaeger-LeCoultre e está avaliada em cerca de 26 milhões de dólares.

6. Patek Philippe Henry Graves Supercomplication (U$ 26 milhões)

Patek Philippe Henry Graves Supercomplication
Imagem de divulgação: patek.com

Um dos relógios de bolso mais caros do mundo foi criado pela joalheria de luxo suíça Patek Philippe em 1933. Esta incrível peça foi comissionada pelo banqueiro estadunidense Henry Graves e apresenta diversas informações interessantes em seu mostrador, como os horários do pôr do sol e do nascer do sol, além do mapa estelar baseado no céu noturno da antiga mansão do banqueiro em Nova York.

7. Chopard 201-Carat (U$ 25 milhões)

Chopard 201-Carat
Imagem de divulgação: Plastic Surgery TV (Youtube)

A joalheria de luxo suíça Chopard é uma das grandes favoritas entre membros da monarquia e bilionários. A obra conhecida como “Chopard 201-Carat” apresenta em sua confecção 874 diamantes, totalizando 201 quilates no total. A exuberante e colorida peça está avaliada no mercado com o valor de 25 milhões de dólares atualmente.

8. Rolex Paul Newman Daytona Ref. 6239 (U$ 18,7 milhões)

Rolex Paul Newman Daytona Ref. 6239
Imagem de divulgação: phillips.com

Estrela de clássicos filmes hollywoodianos como “Golpe de Mestre” e “Butch Cassidy”, o ator Paul Newman era também conhecido pela sua paixão por relógios de luxo e veículos de corrida. O “Rolex Paul Newman Daytona” foi comissionado por sua esposa Joanne Woodard em 1968 e se tornou um clássico instantâneo. Em 2017, o relógio foi vendido por 17,6 milhões de dólares para um comprador anônimo e hoje é estimado que custe 1 milhão de dólares a mais.

9. Jacob & Co. Billionaire Watch (U$ 18 milhões)

Jacob & Co. Billionaire Watch
Imagem de divulgação: jacobandco.com

Criado pela joalheria de luxo nova iorquina Jacob & Co, o “relógio bilionário” apresenta em sua confecção 189 quilates de diamante Akosha, um corte raro de diamante que faz com que eles pareçam ser 30% maiores do que o corte tradicional. Este belo relógio de luxo tem suas engrenagens à mostra e apresenta um pequeno diamante rosa em seu centro. O atual dono deste artigo exclusivo é o lendário boxeador Floyd Mayweather.

10. Patek Philippe Stainless Steel Ref. 1518 (U$ 12 milhões)

Patek Philippe Stainless Steel Ref. 1518
Imagem de divulgação: phillips.com

Apresentado pela primeira vez em 1941 como parte de uma coleção de 4 relógios exclusivos da Patek Philippe, o Stainless Steel foi o primeiro relógio a apresentar um calendário perpétuo e cronógrafo em seu mostrador. Além disso, esta peça se destaca entre outros relógios da grife suíça por ser feita de aço, o que garante raridade entre os colecionadores.

11. Patek Philippe Gobbi Milan ‘Heures Universelles’ Ref. 2523 (U$ 9 milhões)

Patek Philippe Gobbi Milan ‘Heures Universelles’ Ref. 2523
Imagem de divulgação: patek.com

Entre os relógios com a referência 2523 da Patek Philippe, este é o único assinado tanto por Patek Philippe quanto pela icônica varejista italiana Gobbi Mila, o que o torna uma peça extremamente rara no mundo dos colecionadores de relógios. Chamado de “Horas Universais”, este relógio apresenta um sistema de horas que foi patenteado por Louis Cottier na década de 30 e que prometia apresentar as horas de diferentes regiões do mundo em um único relógio.

12. Vacheron Constantin 57260 (U$ 8 milhões)

Vacheron Constantin 57260
Imagem de divulgação: reference57260.vacheron-constantin

Considerado o relógio de bolso com a maior quantidade de complicações em todo o mundo, o “Vacheron Constantin 57260” possui 2826 peças independentes, 242 pedras preciosas e 57 informações diferentes em seu mostrador. Ele levou 8 anos para ser finalizado e foi introduzido ao público em 2015, sendo vendido por incríveis 8 milhões de dólares.

13. Patek Philippe Stainless Steel Ref. 5016A-010 (U$ 7,9 milhões)

Patek Philippe Stainless Steel Ref. 5016A-010
Imagem de divulgação: phillips.com

Renovação de um grande clássico da relojoaria Patek Philippe, a referência 5016-010 foi baseada no sucesso do 5016, que foi descontinuado pela empresa em 2011. Uma das grandes diferenças deste relógio são algumas das complicações presentes no mostrador, como o repetidor de minutos e o calendário perpétuo com data retrógrada.

14. Patek Philippe Two-Crown Worldtime Ref. 2523 Eurasia (U$ 7,7 milhões)

Patek Philippe Two-Crown Worldtime Ref. 2523 Eurasia
Imagem de divulgação: phillips.com

Este belíssimo relógio da Patek Philippe foi produzido em 1953 e apresenta uma característica que o tornou muito desejado entre os colecionadores de relógios: um mapa da Eurásia em seu mostrador. Apenas três versões em ouro foram produzidas deste relógio que pode chegar a custar 7,7 milhões de dólares!

15. Patek Philippe White Gold Calibre 89 (U$ 6,9 milhões)

Patek Philippe White Gold Calibre 89
Imagem de divulgação: Swiss6Made (Youtube)

Em comemoração aos 150 anos de criação da Patek Philippe foi revelado ao público este extraordinário relógio conhecido como “Calibre 89”. Ele apresenta diversas complicações interessantes em seu mostrador, entre elas, a data da Páscoa. O Calibre 89 foi criado em 1989 e arrematado em leilão em 2014, se tornando um dos relógios de bolso mais caros já vendidos no mundo.

16. Patek Philippe Gold Chronograph Ref. 1527 (U$ 6,8 milhões)

Patek Philippe Gold Chronograph Ref. 1527
Imagem de divulgação: TheMoney&Luxury (Youtube)

Criado em 1943 durante a Segunda Guerra Mundial, o “Gold Chronograph”, da empresa suíça Patek Philippe, fez história. Não apenas ele apresentava um design mais moderno se comparado aos seus modelos anteriores, como também apresentava 23 joias e uma fivela em ouro 18 quilates. O ano em que foi fabricado somado a sua raridade faz com que o seu preço seja tão alto.

17. Patek Philippe Titanium Ref. 5208T-010 (U$ 6,6 milhões)

Patek Philippe Titanium Ref. 5208T-010
Imagem de divulgação: patek.com

Lançado em 2017, esta versão da referência 5208 da Patek Philippe apresentou uma grande inovação: utilizou titânio na sua confecção. Como o produto é pouquíssimo utilizado pela empresa suíça, o relógio se tornou uma raridade e um objeto de desejo entre os colecionadores. Esta peça também apresenta algumas complicações muito desejadas, como um repetidor de minutos e um calendário perpétuo.

18. Rolex Daytona Unicorn Ref. 6265 (U$ 6,1 milhões)

Rolex Daytona Unicorn Ref. 6265
Imagem de divulgação: phillips.com

O segundo Rolex mais caro já vendido até hoje é o chamado “Daytona Unicorn”. Esta obra foi fabricada no ano de 1970 e vendida em 2018 pelo valor de 5,9 milhões de dólares. Hoje ele está ainda mais valorizado de acordo com sites especializados em artigos de luxo. A sua versão para venda foi alterada para que apresentasse um bracelete de ouro branco, o que tornou o seu valor ainda mais alto do que quando lançado.

FONTE: Luxe Digital; Wealthy Gorilla

Veja também: