As 23 melhores bandas de rock nacional 🤘🏻🎶


Atualizado em

Confira uma seleção com algumas das bandas de rock nacional mais influentes de todos os tempos. Desde Os Mutantes até Skank, de Sepultura à Legião Urbana, estas bandas representam o melhor do rock, do heavy metal, do pop rock e do glam rock em suas essências mais diversas e interligadas.

Os Mutantes

Período de atividade: 1966 - 1978, 2006 - presente
Integrantes: Arnaldo Baptista, Rita Lee, Sérgio Dias, Dinho Leme, Liminha (Formação original) e +

Uma das bandas mais importantes da história da música brasileira, Os Mutantes teve seu início nos anos de 1960 dentro de um contexto cultural conhecido como Tropicalismo. Misturando o rock psicodélico, o rock progressivo e diversas influências de bandas e movimentos que vinham do exterior, a banda se tornou uma referência quando se fala em experimentalismo musical. A formação original contou com os vocais de uma das mais influentes artistas brasileiras do século, Rita Lee, mas sofreu a adição e saída de vários membros ao longo de sua história. Hoje, Os Mutantes continuam em atividade contando apenas com Sérgio Dias como único membro da formação inicial.

Legião Urbana

Período de atividade: 1982 - 1996 | 2011 (reunião) | 2015 - 2016 (reunião) |2018 - presente
Integrantes: Renato Russo, Dado Villa-Lobos, Marcelo Bonfá (formação de 1989 - 1996)

Formada por Renato Russo e Marcelo Bonfá, a banda de rock Legião Urbana conquistou o Brasil nos anos 80 e continua sendo uma grande influência para diversas bandas nacionais. Formada em Brasília, as canções de Renato Russo possuíam diversas influências artísticas, incluindo o som de bandas estrangeiras como The Smiths, The Cure e Bob Dylan. A morte do vocalista Renato Russo nos anos 90 marcou o período de término do Legião, que retomou às atividades para shows de reunião nos anos de 2010 com membros originais e convidados.

Veja também: Bandas dos anos 80: as melhores bandas de rock

Sepultura

Período de atividade: 1984 – presente
Integrantes: Paulo Jr, Andreas Kisser, Derrick Green e Eloy Casagrande (formação atual)

O Legado do Sepultura é indiscutível! Com mais de 20 milhões de cópias de álbuns vendidos mundialmente e recebendo prestigiados prêmios ao redor do globo, a banda é uma das mais influentes do heavy metal em todo o mundo. O Sepultura teve seu início nos anos 80 na capital mineira Belo Horizonte e, desde então, sofreu diversas adições e saídas de membros. Seus gêneros incluem o groove metal, o metal trash e o metal death. Com 15 álbuns de estúdio já lançados, a banda continua ganhando uma legião de fãs ao redor do mundo.

Secos & Molhados

Período de atividade: 1971 – 1974, 1977 – 1988, 1999, 2011 - 2012
Integrantes: João Ricardo, Daniel Iasbeck, Ney Matogrosso, Gérson Conrad.

O glam rock brasileiro teve sua maior projeção na década de 70 com a formação do Secos & Molhados, uma das maiores e mais aclamadas bandas do rock nacional. Maquiagens pesadas, performances provocadoras e letras repletas de poesia e crítica fizeram com que a banda ganhasse projeção e reconhecimento por diversas gerações. O álbum de estreia da banda está na quinta posição da lista dos 100 maiores discos da música brasileira pela Rolling Stone Brasil.

Raimundos

Período de atividade: 1987 - 1990, 1992 - 2001, 2001 - presente
Integrantes: Digão, Canisso, Marquim, Caio Cunha, Rodolfo Abrantes, Alf, Fred.

O Raimundos iniciou suas atividades em Brasília nos anos 80 como uma banda cover do Ramones. A banda ganhou mais popularidade no final dos anos 90, quando lançaram o álbum que obteve seu maior sucesso comercial, Só No Forévis, e que trazia canções como "A mais Pedida", "Me Lambe" e "Mulher de Fases". Misturando gêneros como o punk rock e o reggae, O Raimundos se tornou uma das mais importantes e influentes bandas brasileiras.

Barão Vermelho

Período de atividade: 1981 - 2001, 2004 - 2007, 2012 - 2013, 2017 - presente.
Integrantes: Cazuza, Penininha, Rodrigo Suricato, Fernando Magalhães, Guto Goffi, Maurício Barros.

Alguns dos maiores músicos brasileiros fizeram parte da história do Barão Vermelho, uma das maiores e mais aclamadas bandas do rock nacional. Entre eles, Cazuza, Frejat e Peninha. As letras da banda falavam diretamente com os jovens dos anos 80 e não demorou para que o Barão ganhasse reconhecimento de seus pares e projeção nacional. Sua influência para o rock e para a música popular brasileira é indiscutível!

Charlie Brown Jr.

Período de atividade: 1992 - 2013
Integrantes: Chorão, Champignon, Thiago Castanho, Marcão, Bruno Graveto e +

Uma das bandas de rock mais importantes dos anos 90 e 2000, o Charlie Brown Jr. se formou em Santos (SP) e ganhou projeção nacional após o lançamento de músicas que marcaram uma geração como, “Zóio de Lula”, “Tudo que Ela Gosta de Escutar" e "Te Levar", que foi tema de abertura da novela adolescente Malhação. Misturando o rock alternativo, o reggae e o rap metal, a banda foi, sem dúvidas, uma das mais influentes no cenário musical brasileiro.

RPM

Período de atividade: 1983 - 1989, 2011 - presente
Integrantes: Dioy Pallone, Fernando Deluqui, Luiz Schiavon, Paulo Ricardo, Paulo "P. A." Pagni e +

Formada no início dos anos 80, o RPM (sigla para Revoluções por Minuto) foi uma das bandas de rock brasileira mais bem sucedidas comercialmente em território nacional. Liderada por Paulo Ricardo, a banda compôs músicas que ficaram eternizadas nos ouvidos de uma geração e que integraram a trilha sonora de novelas clássicas da Rede Globo.

Os Paralamas do Sucesso

Período de atividade: 1982–presente
Integrantes: Herbert Vianna, Bi Ribeiro, João Barone.

Liderada por Herbert Vianna, Os Paralamas do Sucesso começaram o início de suas atividades no começo dos anos 80 e ganharam projeção nacional com músicas como "Óculos", "Me Liga" e "Meu Erro", grandes sucessos que os possibilitaram a tocar no Rock in Rio. Mesmo após o traumático acidente de Hebert em 2001, que o deixou sem os movimentos das pernas, a banda continuou suas atividades e lançou outros álbuns de grande sucesso e aclamação nacional.

Titãs

Período de atividade: 1982 – presente
Integrantes: Branco Mello, Sérgio Britto, Tony Bellotto.

Uma banda de rock nacional que apresentou versatilidade, inteligência e puro talento desde a sua formação. Os Titãs iniciaram as atividades no começo dos anos 80 em São Paulo e tiveram originalmente 8 integrantes como membros originais, entre eles, Nando Reis, Arnaldo Antunes e Tony Bellotto, único integrante que continua dando seguimento à história da banda.

Engenheiros do Hawaii

Período de atividade: 1985 - 2008
Integrantes: Humberto Gessinger, Augusto Licks, Carlos Maltz.

Liderada por Humberto Gessinger, o Engenheiros do Hawaii foi uma das mais influentes e aclamadas bandas do rock nacional de todos os tempos. Com letras poéticas e críticas, a banda apresentou versatilidade desde a sua formação em Porto Alegre. A banda contou com diversos integrantes ao longo de sua história que possui dezenas de álbuns e coletâneas aclamados pelo público e pela crítica especializada.

Skank

Período de atividade: 1991 - presente
Integrantes: Samuel Rosa, Henrique Portugal, Lelo Zaneti, Haroldo Ferretti.

O rock alternativo se mistura ao som do reggae, do pop e do ska em uma das mais versáteis e populares bandas brasileiras, o Skank. Formada no começo dos anos 90 na capital mineira de Belo Horizonte e liderada por Samuel Rosa, a banda se tornou uma das mais conhecidas e aclamadas entre o público e a crítica especializada. O sexto álbum de estúdio da banda, chamado Cosmotron, ganhou o Grammy Latino na categoria de melhor álbum de rock brasileiro.

Capital Inicial

Período de atividade: 1982 - presente
Integrantes: Dinho Ouro Preto, Fê Lemos, Flávio Lemos, Yves Passarell, Fabiano Carelli, Robledo Silva.

Os irmãos Fê Lemos e Flávio Lemos fundaram o Capital Inicial após o fim da banda Aborto Elétrico da qual participavam. Com Dinho Ouro Preto nos vocais, a nova banda se tornou um fenômeno nacional, lançando músicas de sucesso ao longo dos anos 80, 90 e 2000 que conquistaram gerações de jovens e adultos.

Angra

Período de atividade: 1991 - presente
Integrantes: Rafael Bittencourt, Felipe Andreoli, Fabio Lione, Bruno Valverde, Marcelo Barbosa.

O Angra é um dos maiores expoentes do metal brasileiro para o mundo. A banda já vendeu mais de cinco milhões de discos ao redor do globo e fizeram turnês de sucesso, especialmente na Europa, onde possuem fãs devotos do poderoso som. Com uma proposta ousada em misturar o metal, ritmos brasileiros e a música clássica, a banda iniciou suas atividades no início dos anos 90 por Rafael Bittencourt e Andre Matos e continua conquistando um público devoto de seus novos lançamentos.

Matanza

Período de atividade: 1996 – 2018
Integrantes: Dony "Don" Escobar, Jonas Cáffaro, Marco Donida, Maurício Nogueira, Jimmy London, Nervoso, Fausto, Diba, China.

O Cowpunk ou Country Punk é o gênero que melhor descreveria a banda Matanza, que possui elementos do rock, do punk e do country em seu repertório. Ao longo de sua história, a banda lançou sete álbuns de estúdio e ganhou notoriedade nacional, reunindo fãs devotos nas duas décadas de atividade.

Kid Abelha

Período de atividade: 1981- 2006, 2010 - 2013
Integrantes: Paula Toller, Bruno Fortunato, George Israel.

O Kid Abelha foi uma das mais importantes e influentes bandas do pop rock brasileiro dos anos 80. Os vocais e composições da talentosa Paula Toller ganharam o Brasil e o Kid Abelha marcou uma geração com suas músicas melódicas que possuíam a marca registrada das canções, o saxofone de George Israel. Para comemorar os 20 anos da banda, o Kid Abelha participou do projeto Acústico MTV, o que eles mal sabiam é que o sucesso do show e do disco atrairia uma nova geração de fãs. Após o acústico, a banda ficou em turnê por três anos, realizando shows por todo o Brasil.

Ira!

Período de atividade: 1981 - 2007, 2014 - presente
Integrantes: Nasi, Edgard Scandurra, Evaristo Pádua, Johnny Boy.

Ao longo de sua história, o Ira! compôs algumas das músicas de rock mais emblemáticas deste gênero no Brasil. Com liderança de Marcos Valadão, mais conhecido como Nasi, a banda lançou álbuns aclamados pela crítica especializada, tendo recebido uma indicação ao Grammy Latino de melhor álbum de rock brasileiro em 2012 pelo álbum ao vivo em colaboração com o Ultraje a Rigor.

Blitz

Período de atividade: 1982 - 1986, 1994 - 1999, 2006–presente
Integrantes: Evandro Mesquita, Billy Forghieri, Juba, Cláudia Niemeyer, Rogério Meanda, Andréa Coutinho, Nicole Cyrne.

Formado por alguns dos nomes mais importantes da música brasileira como Evandro Mesquita, Fernanda Abreu e Lobão, o Blitz iniciou suas atividades no começo dos anos 80 e conquistou uma geração de fãs ao redor do Brasil. Ao longo de sua história, a banda teve diversas formações, mas continuaram a atrair um público devoto ao som do Blitz para shows lotados.

Ultraje a Rigor

Período de atividade: 1980 - presente
Integrantes: Roger Moreira, Bacalhau, Mingau, Marcos Kleine.

O Ultraje a Rigor (trocadilho para a expressão traje a rigor) nasceu em São Paulo realizando covers de bandas como os Beatles. Logo depois, começaram a criar suas canções originais e gravar discos que atingiram grande sucesso comercial ao redor do país. Atualmente, a banda continua suas atividades sendo especialmente conhecida por fazer parte do programa The Noite no SBT.

Fresno

Período de atividade: 1999 - presente
Integrantes: Lucas Silveira, Gustavo Mantovani, Mário Camelo, Thiago Guerra.

Uma das bandas de maior representatividade do período indie, emo, pop punk e rock alternativo, o Fresno ganhou extrema popularidade ao longo dos anos 2000, lotando shows ao redor do país e reunindo uma legião de fãs. O multitalentoso Lucas Silveira é quem dá voz às músicas melódicas e sentimentais desta banda que continua em atividade lançando aclamados álbuns de estúdio.

Camisa de Vênus

Período de atividade: 1980 - 1988, 1994 - 1997, 2009 - atualmente
Integrantes: Marcelo Nova, Drake Nova, Leandro Dalle, Robério Santana, Célio Glouster.

A banda de rock baiana Camisa de Vênus iniciou suas atividades nos anos 80 com canções controversas no melhor estilo punk. A banda foi influenciada por artistas estrangeiros como o Sex Pistols, o The Clash e o The Jam. Sob liderança de Marcelo Nova, o Camisa de Vênus continua em atividade, realizando shows e lançando álbuns para uma devota legião de fãs.

CPM 22

Período de atividade: 1995 - atualmente
Integrantes: Badauí, Luciano, Phil, Ali Zaher, Daniel Siqueira

Um dos maiores representantes do gênero hardcore punk no Brasil, o CPM 22 iniciou suas atividades em 1995 na cidade de Barueri em São Paulo. Eles atingiram grande sucesso e popularidade nos anos 2000 através de uma geração que ficou marcada pelos videoclipes da MTV. A banda também ganhou reconhecimento mundial, recebendo em 2008 o Grammy Latino de melhor álbum de rock brasileiro.

Detonautas Roque Clube

Período de atividade: 1997 - presente
Integrantes: Tico Santa Cruz, Renato Rocha, Fábio Brasil, Philippe, Macca.

A formação do Detonautas se iniciou através de uma sala de bate papos na internet em 1997. Sob liderança de Tico Santa Cruz, a banda obteve grande atenção do público e logo reuniu uma legião de fãs com seus primeiros álbuns de estúdio lançados no começo dos anos 2000.

Veja também: