As 34 melhores músicas brasileiras de todos os tempos!


Não é novidade para ninguém que a música brasileira é da melhor qualidade, admirada no mundo todo e repleta de clássicos que atravessam gerações.

Os maiores clássicos da música brasileira

1. Eu Sei que Vou Te Amar - Vinícius de Moraes

Composição: Tom Jobim e Vinícius de Moraes

Uma das mais românticas e aclamadas composições dos parceiros de bossa nova Tom Jobim e Vinícius de Moraes.

Veja também: As 40 melhores músicas românticas brasileiras para dedicar ao seu amor

2. Quero Que Vá Tudo para o Inferno - Roberto Carlos

Composição: Erasmo Carlos e Roberto Carlos

O maior sucesso do período de Jovem Guarda de Roberto Carlos, acabou por ser rejeitada pelo cantor em sua fase mais religiosa, evitando até mencionar o título da canção. Mas isto não impediu de ser considerada uma das melhores músicas brasileiras de todos os tempos.

3. Tropicália - Caetano Veloso

Composição: Caetano Veloso

Um dos principais fundadores da Tropicália, Caetano Veloso trouxe nesta canção a essência do movimento.

4. Ouro de Tolo - Raul Seixas

Composição: Raul Seixas

Importante discurso artístico contra o conformismo brasileiro diante dos falsos benefícios da ditadura militar.

5. Alegria, Alegria - Caetano Veloso

Composição: Caetano Veloso

No mesmo concurso em que Gilberto Gil apresentou Domingo no Parque, Caetano Veloso trouxe Alegria, Alegria. A marcha com guitarras elétricas chocou muitos críticos tradicionalistas, mas encantou e causou comoção entre a plateia.

6. Domingo no Parque - Gilberto Gil e Os Mutantes

Composição: Gilberto Gil

Lançada no 3º Festival de Música Popular da TV Record em 1967, a música conta a história com final trágico de João e José que se apaixonam pela mesma moça, Juliana.

7. Panis et Circencis - Os Mutantes

Composição: Caetano Veloso e Gilberto Gil

Lançada em plena ditadura militar, a música de estreia do grupo Os Mutantes traz uma grande crítica ao estilo de vida conformado da época em ritmo de rock psicodélico.

8. O Mundo é um Moinho - Cartola

Composição: Cartola

As preocupações de Cartola com as escolhas da filha se transformaram em uma belíssima canção cheia de conselhos.

9. Desafinado - João Gilberto

Composição: Tom Jobim e Newton Mendonça

Uma melodiosa resposta aos críticos de plantão da época que diziam que a bossa nova era um estilo de “música para cantores desafinados”.

Veja também: Os 24 maiores cantores brasileiros de todos os tempos. Os fãs escolheram

10. Trem das Onze - Demônios da Garoa

Composição: Adoniran Barbosa

Um dos sambas mais populares. Trem das Onze é um dos grandes marcos da música nacional.

11. As Rosas Não Falam - Cartola

Composição: Cartola

Às vésperas de completar 65 anos de idade, o sambista Cartola “se deu de presente” esta canção inspirada em seu próprio jardim.

12. Aquarela do Brasil - Francisco Alves

Composição: Ary Barroso

Hoje, esta música é considerada um grande hino de exaltação ao Brasil. Porém a popularidade da canção só veio depois que ela fez sucesso nos Estados Unidos, onde até recebeu versões em inglês.

13. Canto de Ossanha - Baden Powell e Vinícius de Moraes

Composição: Baden Powell e Vinícius de Moraes

A mistura de samba com sonoridades africanas transformou esta música em um grande marco da MPB. Nada assim havia sido feito antes.

14. Sinal Fechado - Chico Buarque

Composição: Paulinho da Viola

A música que dá título ao álbum de Chico Buarque em que canta canções compostas por outros artistas fala dos desencontros da vida, da pressa do dia a dia, dos sentimentos que deixamos para sentir depois.

15. Chega de Saudade - João Gilberto

Composição: Tom Jobim e Vinícius de Moraes

Apesar de João Gilberto não ter sido o primeiro a gravar a canção, foi a sua interpretação de Chega de Saudade que se tornou no marco inicial da bossa nova.

Veja também: Recordar é viver: as 25 melhores músicas de amor da MPB do passado

16. Asa Branca - Luiz Gonzaga

Composição: Luiz Gonzaga, Humberto Teixeira

A única representante de baião nesta lista, Asa Branca traz a seca nordestina como tema principal e a migração forçada dos habitantes da região, inclusive a ave Asa Branca.

17. Carinhoso - Pixinguinha

Composição: Pixinguinha e João de Barro

Tendo a melodia sido criada por Pixinguinha, Carinhoso apenas recebeu a apaixonada letra criada por João de Barro posteriormente. Uma das canções mais regravadas da história da música brasileira.

Veja também: As 20 melhores músicas antigas brasileiras, segundo os fãs 🎵🇧🇷

18. Águas de Março - Elis Regina e Tom Jobim

Composição: Tom Jobim

Apesar da melodia alegre, a música fala “do fim do caminho” que Tom Jobim temia por aqueles dias em que os médicos lhe informaram que podia morrer de cirrose. Foi um tempo difícil na vida do músico, mas que lhe rendeu uma das canções pela qual é mais lembrado.

Veja também: As 15 maiores cantoras brasileiras de todos os tempos. Os fãs escolheram

19. Construção - Chico Buarque

Composição: Chico Buarque

Uma das canções mais emblemáticas do período de criação crítica de Chico Buarque. É ainda uma composição literária riquíssima composta por versos dodecassílabos (doze sílabas) terminados em palavras proparoxítonas. Por tanta riqueza de detalhes, não é de se admirar que seja a melhor música brasileira de todos os tempos segundo a revista Rolling Stone Brasil.

Músicas brasileiras alegres

20. País Tropical - Wilson Simonal

Composição: Jorge Ben

O maior sucesso da carreira de Wilson Simonal se transformou em um hino de brasilidade.

21. Brasil Pandeiro - Novos Baianos

Composição: Assis Valente

Uma das canções que mais traduzem a alma, o espírito do brasileiro. É pra levar a autoestima nacional às alturas!

22. Foi um Rio Que Passou em Minha Vida - Paulinho da Viola

Composição: Paulinho da Viola

O samba começa meio triste, mas aos poucos a coisa vai melhorando, até o eu-lírico assumir que a alegria voltou. “Ah, minha Portela!”.

23. A Cor dessa Cidade - Daniela Mercury

Composição: Daniela Mercury e Tote Gira

Sucesso estrondoso nos anos 90, não tem como não se entusiasmar com esse hino da alegria cantado pela incrível Daniela Mercury!

24. Brasileirinho - Novos Baianos

Composição: Waldir Azevedo (letra: Pereira Costa)

Um dos maiores instrumentistas da nossa MPB deixou de herança para o brasileiro um verdadeiro hino nacional em forma de choro. Uma maravilha!

25. Canta Canta, Minha Gente - Martinho da Vila

Composição: Martinho da Vila

“Canta canta, minha gente! Deixa a tristeza pra lá”. É assim que começa um dos sambas mais belos e mais alto-astral da nossa MPB. Só podia ser do mestre Martinho da Vila.

26. Deixa a Vida Me Levar - Zeca Pagodinho

Composição: Serginho Meriti e Eri do Cais

Essa música de certo modo traduz um certo jeito de levar a vida que é a cara do brasileiro. Está imortalizada na voz do grande Zeca!

27. Preta Pretinha - Novos Baianos

Composição: Moraes Moreira e Luiz Galvão

Ícone de muitos verões. Preta Pretinha surgiu de uma desilusão de amor de Luiz Galvão, mas a música arrematou muitos e muitos corações ao longo dos anos.

28. Mas Que Nada - Jorge Ben

Composição: Jorge Ben

Nem samba tradicional, nem bossa nova. O primeiro grande sucesso de Jorge Ben não se encaixava em nenhum estilo, mas caiu no gosto do público, tendo feito grande sucesso internacionalmente, com direito a regravação de Sérgio Mendes.

Algumas das músicas mais tocadas das últimas décadas

Selecionamos algumas das músicas brasileiras mais tocadas da história, olhando década por década. Como já fizemos uma lista das clássicas, decidimos não recuar tanto assim no tempo e partir da década de 60 até os dias de hoje. Vamos então conhecer algumas das mais populares?

29. Anos 60: Banho de Lua – Celly Campelo

Composição: Franco Migliacci e Bruno de Filippi. Versão em português: Fred Jorge

Uma das principais vozes da música brasileira dos anos 50 e 60 tem nome e sobrenome: Cellly Campelo. Lançada no início de 1960 no LP Broto Certinho, essa música bombou nas rádios de todo o Brasil.

30. Anos 70: Detalhes - Roberto Carlos

Composição: Erasmo Carlos e Roberto Carlos

Canção que fez Roberto Carlos atingir pela primeira vez a marca de 1 milhão de cópias vendidas. Fala de quando a relação acaba, mas o amor permanece.

Veja também: Anos 70: as 24 melhores músicas dessa década incrível

31. Anos 80: Faz Parte do Meu Show - Cazuza

Composição: Cazuza e Renato Ladeira

A música mais executada pelas rádios brasileiras em 1988 é uma das marcas registradas desse grande letrista que foi Cazuza. Para ouvir no repeat!

32. Anos 90: Sozinho - Caetano Veloso

Composição: Peninha

Essa música já foi cantada por grandes nomes da MPB, como Sandra de Sá e Tim Maia. A versão de Caetano, de 1999, foi um verdadeiro estouro nas rádios.

33. Anos 2000: Velha Infância - Tribalistas

Composição: Arnaldo Antunes, Carlinhos Brown, Davi Moraes, Marisa Monte e Pedro Baby

Uma declaração de amor em forma de canção. Para os corações apaixonados de todo o Brasil.

34. Anos 2010: Apelido Carinhoso - Gusttavo Lima

Composição: Junior Angelim

Lançada nas rádios em 2018, essa canção rendeu bons frutos a Gusttavo Lima. Ficou 15 semanas no topo das paradas de sucesso. De todas as músicas do cantor, é a que mais tem visualizações no YouTube.

Veja também: As 20 músicas mais tocadas no Brasil em 2020

Gostou? Veja também as 15 músicas internacionais mais românticas que vão derreter seu coração