Os 26 animais mais perigosos do mundo: quais são e por quê?


Criamos uma lista com aqueles animais considerados os mais perigosos para os humanos, conforme os seguintes critérios:

1. mortes de humanos por ano;
2. maior perigo (mordida, veneno, força ou picada transmite doenças);
3. comportamento agressivo ou representam riscos quando estão próximos a humanos.

Como os dois primeiros critérios estão muitas vezes associados a acidentes e não necessariamente ao comportamento do animal, eles receberam menos peso na lista. Assim, o último critério foi o decisivo para indicar as primeiras posições dos animais que trazem muitos riscos quando próximos das pessoas.

1. Mosquito

Mosquito

Mortes de humanos por ano: cerca de 1 milhão
Maior perigo: picada transmite doenças
Os mosquitos são grandes transmissores de doenças em humanos.

Apesar de aparentemente pequenos e inofensivos, os mosquitos representam um grande perigo para os humanos. Como é difícil evitar uma picada de mosquito, são um potencial risco para a saúde das pessoas. Algumas das doenças transmissíveis pela picada são: a dengue, o zika vírus, a febre amarela, malária e a chikungunya.

2. Cobra

Cobra

Mortes de humanos por ano: cerca de 80.000
Maior perigo: picada com veneno
Algumas espécies de cobras têm veneno letal.

Embora haja cobras de diferentes comportamentos, mais tranquilas ou mais agressivas, as cobras são animais muito temidos. Os encontros com cobras podem gerar muitos acidentes, sendo alguns fatais. Entre as cobras mais venenosas do Brasil, há a coral, a cascavel, a surucucu e a jararaca.

3. Mosca tsé-tsé

Mosca Tsé-Tsé

Mortes de humanos por ano: cerca de 10.000
Maior perigo: picada pode transmitir um parasita
As moscas são grandes transmissores de doenças em humanos.

A picada dessa mosca transmite um parasita chamado Trypanosoma brucei, que gera a denominada "doença do sono". Essa doença pode causar a morte. A mosca tsé-tsé, comum no continente africano, alimenta-se do sangue das pessoas, por isto não é fácil evitar a sua picada quando em contato com o inseto.

4. Caramujo

Caramujo

Mortes de humanos por ano: cerca de 10.000
Maior perigo: transmite doenças
Os caramujos podem transmitir doenças quando consumidos por pessoas.

O denominado caramujo-africano pode hospedar um verme que, em muitos casos, desenvolve doenças que podem gerar a morte de humanos. Por esta razão, é um animal que, embora não represente por si um perigo, carrega um grande risco à vida humana. Não são agressivos, mas, como servem de alimento, muitas vezes seu perigo entra facilmente em contato com as pessoas.

5. Escorpião

Escorpião

Mortes de humanos por ano: cerca de 3.250
Maior perigo: picada com veneno
Algumas espécies de escorpião têm veneno letal.

Há alguns escorpiões mais venenosos que outros. No Brasil, umas das espécies que coloca mais risco para as pessoas é o escorpião de cauda preta, provocando a parada respiratória com a sua picada. Por serem pequenos e se esconderem em locais escuros, é comum acontecerem acidentes com esses animais.

6. Tênia

Tênia

Mortes de humanos por ano: cerca de 2.000
Maior perigo: desenvolvimento de doenças
Quando ingeridas pelo organismo podem causar doenças letais.

As tênias podem causar infecções intestinais após serem ingeridas por carne de porco contaminada. Em certos casos, a infecção pode levar à morte por complicações.

7. Crocodilo

Crocodilo

Mortes de humanos por ano: cerca de 1.000
Maior perigo: mordida
Algumas espécies de crocodilo apresentam uma mordida agressiva.

Seis espécies de crocodilo são consideradas mais agressivas. Por serem animais grandes e fortes, podem atacar e matar pessoas quando presenciarem uma invasão ao seu habitat.

8. Tigre

Tigre

Mortes de humanos por ano: cerca de 400
Maior perigo: mordida
Os tigres são predadores de vida selvagem que podem apresentar comportamento agressivo com humanos.

Animais bravos e velozes, podem atacar para fins de caça ou em situações de ameaça.

9. Leão

Leão

Mortes de humanos por ano: cerca de 250
Maior perigo: mordida
Os leões são predadores de vida selvagem que podem apresentar comportamento agressivo com humanos.

O encontro com um leão pode ser fatal. Predadores por natureza, podem enxergar o ser humano com uma presa. Apesar disso, por terem seus próprios habitats na vida selvagem, não costumam ser tão frequentes os acidentes com o animal.

10. Leopardo

Leopardo

Mortes de humanos por ano: cerca de 29
Maior perigo: mordida
Os leopardos são predadores de vida selvagem que podem apresentar comportamento agressivo com humanos.

Carnívoros de grande porte, também podem colocar em risco a vida das pessoas quando acontece um encontro com o animal.

11. Urso

Urso

Mortes de humanos por ano: cerca de 20
Maior perigo: força e mordida
Os ursos são predadores de vida selvagem que podem apresentar comportamento agressivo com humanos.

Predadores carnívoros, podem ter comportamento agressivo e buscarem se alimentar de pessoas quando famintos. No entanto, quando encontram outros meios de comer, podem não atacar humanos.

12. Lobo

Lobo

Mortes de humanos por ano: cerca de 10
Maior perigo: mordida
Os lobos são predadores de vida selvagem que podem apresentar comportamento agressivo com humanos.

Carnívoros e habituados a uma vida selvagem, podem colocar em risco a vida dos humanos quando em contato próximo. Entretanto, na maioria dos casos, os lobos costumam fugir quando sentem a presença humana.

13. Tubarão

Tubarão

Mortes de humanos por ano: cerca de 6
Maior perigo: mordida
Os tubarões são predadores do mar que podem apresentar comportamento agressivo com humanos.

Embora famosos por um comportamento bravo e agressivo, os acidentes fatais com tubarões não são tão comuns.

14. Elefante

Elefante

Mortes de humanos por ano: cerca de 500
Maior perigo: força da tromba e peso
Os elefantes são animais de vida selvagem que podem ser agressivos quando se sentirem ameaçados.

Fortes e grandes, os elefantes podem representar perigo quando se sentirem ameaçados ou bravos. Pelo porte e com o uso da tromba, podem provocar sérios acidentes.

15. Hipopótamo

Hipopótamo

Mortes de humanos por ano: cerca de 500
Maior perigo: força e peso
Os hipopótamos são animais de vida selvagem que podem ser agressivos quando se sentirem ameaçados.

Os hipopótamos são animais de vida selvagem, fortes e pesados. Por terem um forte instinto territorial, podem facilmente gerar acidentes fatais quando sentirem seu espaço invadido. Apesar da agressividade, é importante lembrar que o hipopótamo não se alimenta da vítima, porque é herbívoro, comendo apenas vegetais para sua sobrevivência.

16. Búfalo

Búfalo

Mortes de humanos por ano: cerca de 200
Maior perigo: força e peso
Os búfalos são animais de vida selvagem que podem ser agressivos quando se sentirem ameaçados.

Por serem encontrados na vida selvagem, também podem apresentar um comportamento agressivo na presença de humanos quando se sentirem ameaçados.

17. Cervo

Cervo

Mortes de humanos por ano: cerca de 130
Maior perigo: mordida
Os cervos são animais de vida selvagem que podem ser agressivos quando se sentirem ameaçados.

Velozes e ágeis, os cervos podem facilmente correr atrás de um humano caso sintam uma ameaça.

18. Água-viva

Água-viva

Mortes de humanos por ano: cerca de 40
Maior perigo: veneno
Não apresenta comportamento agressivo.

Entre as águas-vivas mais perigosas para os humanos, a água-viva australiana é a mais venenosa, podendo matar uma pessoa quando picada.

19. Hiena

Hiena

Mortes de humanos por ano: cerca de 30
Maior perigo: mordida
As hienas são animais de vida selvagem que podem ser agressivas quando se sentirem ameaçadas.

Pela vida selvagem da hiena e por buscarem abater tudo o que estiver ao alcance delas para comerem, podem vir a representar riscos para os humanos. No entanto, a convivência com as hienas costuma ser menos perigosa do que com outros animais selvagens da lista.

20. Polvo-de-anéis-azuis

Polvo-de-anéis-azuis

Mortes de humanos por ano: cerca de 2
Maior perigo: veneno
O polvo-de-anéis-azuis tem veneno letal.

Uma espécie específica de polvo que possui um veneno muito perigoso. Apesar disso, para sofrer um acidente fatal não é comum, pois, apenas quando é provocado, este polvo decide morder quem o importuna, lançando um forte veneno na corrente sanguínea da vítima.

21. Abelha

Abelha

Mortes de humanos por ano: cerca de 60
Maior perigo: picada com veneno
As abelhas não apresentam comportamento agressivo.

Presentes na natureza, as abelhas não são uma ameaça de perigo frequente quando uma pessoa as encontra pelo caminho. Apesar disso, enxames de abelhas ou situações de tocar acidentalmente numa abelha podem ser mortais, principalmente com pessoas alérgicas ao animal.

22. Formigas

Formiga

Mortes de humanos por ano: cerca de 30
Maior perigo: picada com veneno
As formigas não apresentam comportamento agressivo.

Algumas formigas podem gerar picadas extremamente dolorosas e fatais. Umas das espécies mais perigosos são a formiga-cabo-verde e a formiga-lava-pés.

23. Aranhas

Aranha

Mortes de humanos por ano: cerca de 20
Maior perigo: picada com veneno
Algumas espécies de aranhas têm veneno letal.

A maior parte das aranhas só costuma representar perigo real aos humanos quando ameaçadas ou em caso de acidentalmente tocadas. Entretanto, há algumas espécies, como a aranha armadeira, que são um pouco mais agressivas no comportamento.

24. Touro

Touro

Mortes de humanos por ano: cerca de 5
Maior perigo: força
Os touros podem ser agressivos quando se sentirem ameaçados.

Animais muitas vezes domesticados pelos humanos, os touros podem vir a demonstrar um comportamento agressivo caso sintam-se provocados ou ameaçados.

25. Cão

Cão

Mortes de humanos por ano: cerca de 25.000
Maior perigo: mordida
Os cachorros podem apresentar comportamento agressivo quando forem treinados para isto ou quando se sentirem ameaçados.

O número de acidentes fatais com cães é muito elevado, por serem, desta lista, os animais que mais convivem com os humanos. Os cães são animais domesticados e habituados a viveram com pessoas, mas, esporadicamente, podem ocorrer acidentes com eles. Ademais, alguns deles costumam ser treinados para terem um comportamento mais bravo do que o habitual.

26. Cavalo

Cavalo

Mortes de humanos por ano: cerca de 20
Maior perigo: força
Os cavalos não apresentam comportamento agressivo.

Os cavalos também pertencem aos animais da lista domesticados, sendo, pelo grande contato com humanos, comum ocorrerem acidentes. Nesses casos, as mortes de pessoas têm outras causas que não dizem respeito a uma natureza de agressividade do animal.

Recomendamos também essas listas:

Atualizado em