As moedas mais raras e valiosas do Brasil


Basicamente, as moedas raras são aquelas difíceis de encontrar. E quanto mais difícil for, maior o brilho no olhar do colecionador de moedas quando a preciosa é colocada à venda. No caso de moedas raríssimas, daquelas que quase não existem no mercado, os valores costumam ser bastante altos.

Moedas antigas mais valiosas

Peça da Coroação: a moeda mais rara e valiosa do Brasil!

peça da coroação
O aspecto de imperador romano no anverso foi uma das coisas que desagradaram D. Pedro I.

A primeira moeda cunhada no Brasil após a Independência, em 1822, é a mais rara e a mais valiosa da numismática brasileira. Sabe quanto pagaram por um exemplar dessa belezura? 499.375 dólares, o equivalente a 2,12 milhões de reais!

O leilão, que estabeleceu esse valor recorde, aconteceu no dia 5 de janeiro de 2014 e chamou a atenção de todos os colecionadores brasileiros. O preço super alto se deve à raridade da moeda, que é feita de ouro e cujo valor de face é de 6.400 réis. Sobraram apenas 16 peças dessa raridade das 64 que foram cunhadas em 1822.

O nome Peça da Coroação vem do fato dessas moedas terem sido feitas em homenagem à coroação do novo imperador do Brasil, D. Pedro I. Parece que ele não gostou muito do busto desenhado no anverso da moeda e deu ordens para que fosse interrompida a imediatamente a sua produção. É por isso que foram feitos pouquíssimos exemplares.

960 réis

moeda de 960 réis

As moedas de 960 réis começaram a ser produzidas logo após a chegada da corte portuguesa ao Brasil, em 1807. Mas sua produção continuou mesmo depois da Independência, em 1822.

Segundo o Collectgram Blog, especializado em numismática, estima-se que mais de 22 milhões de moedas de 960 réis tenham sido emitidas entre 1810 e 1827. O que é bastante.

Mas o que confere raridade a essas moedas é o fato delas terem sido cunhadas sobre moedas de outros países, como os reales espanhóis. Há casos em que a moeda usada como base é rara por si só. Alguns subgrupos de moedas tem pouquíssimos exemplares existentes. A moeda feita sobre a Coroa de William III, de 1696, é um caso de peça única.

De acordo com o Collectgram Blog, uma peça de 1823 cunhada sobre dólar foi vendida a 23.500 dólares (100.100 reais) em 2013. A peça mais cara foi uma de reverso invertido de 1810, vendida a US$ 37.375, o equivalente a R$ 159.202,55!

Dobrão de 20 mil réis: a moeda de maior valor intrínseco do mundo!

dobrão de 20 mil réis
Imagem de um dobrão de 10 mil réis, que é praticamente igual ao dobrão de 20 mil.

Cunhada na Casa da Moeda de Vila Rica, em Minas Gerais, entre os anos de 1724 e 1727, este dobrão não chega aos pés da Peça da Coroação em termos de valor de mercado. Uma pesquisa rápida por fóruns e sites de colecionadores nos dá um valor aproximado de 30 mil reais por peça.

Mas essa moeda tem uma coisa especial, para além de sua beleza e raridade. Com 53,8 gramas, trata-se de uma das moedas de ouro mais pesadas que já circularam em toda a história, e por isso estima-se que nenhuma outra moeda no mundo tenha um metal tão valioso.

Moedas de real raras e valiosas

Mas não precisamos recuar tanto assim no tempo para encontrar moedas raras e valiosas. Pode ser até que você tenha uma relíquia em casa em nem saiba. Já pensou? Há casos de moedas que chegam a valer centenas de vezes o seu valor facial. Talvez seja um exagero chamá-las de raras, já que podem ser encontradas no mercado com alguma facilidade.

Moedas raras de 1 real

Dentre as moedas de R$ 1 raras, a mais valiosa é a da Declaração Universal dos Direitos do Homem. Ela foi cunhada em 1998 em homenagem aos 50 anos da Declaração. A tiragem relativamente pequena, de 600 mil unidades, ajuda a explicar seu valor. Hoje ela pode ser encontrada no mercado por até 200 reais.

moeda 1 real

Outra bem valiosa é a moeda da bandeira olímpica. Ela foi criada em 2012 para homenagear a entrega da bandeira olímpica para o Rio de Janeiro durante a cerimônia de encerramento das Olimpíadas de Londres. Chegou a guardar alguma dessa? Há pessoas vendendo uma peça por até 100 reais, embora dê para encontrar por 30. Depende, é claro, do estado de conservação.

moeda das olimpíadas

Moedas das Olimpíadas

A mais valiosa das 17 moedas da coleção comemorativa das Olimpíadas é a da bandeira olímpica, sobre a qual já falamos. Mas as outras 16 moedas chegam a valer dezenas de vezes o seu valor facial, que é de R$ 1.

Cada uma das 16 moedas traz no seu anverso uma imagem sobre uma modalidade esportiva. Todas tiveram tiragem de 20 milhões de unidades e podem ser encontradas com alguma facilidade no mercado numismático. Não há diferença significativa de preço entre elas. Uma unidade por ser adquirida por preços que variam de R$ 8 a R$ 30, às vezes um pouquinho mais.

moedas das Olimpíadas
Uma das moedas das Olimpíadas homenageia o futebol.

As moedas do primeiro lote - golfe, paratriatlo, natação e atletismo -, por serem um pouco mais antigas, tendem a ser mais caras que as outras. Mas dá para dizer que a diferença é quase insignificante.

Gostou desse conteúdo? Leia também:

12 das pedras preciosas mais raras (e caras) do mundo