Os 11 melhores jogos de tabuleiro para passar horas jogando com os amigos


Amy Gois

Qual é a melhor maneira de passar uma tarde chuvosa com os amigos? Jogando um jogo, claro! Em uma era de computadores e videogames, jogos de tabuleiro dão variedade e são uma boa alternativa. Não espere por um apagão para jogar esses jogos com seus amigos!

11. Star Wars: Rebellion

Star Wars Rebellion
Imagem de: www.fantasyflightgames.com

Star Wars: Rebellion é um jogo de proporções galácticas! O jogo é muito complexo mas cheio de ação, com batalhas, diplomacia, espionagem e missões, que vão ocupar uma tarde inteira. Que a Força esteja com você.

Número de jogadores: 2-4

Como se joga: Existem 2 equipes: o Império e a Aliança Rebelde. O objetivo do Império é explorar os diferentes planetas até encontrar e destruir a base da Aliança Rebelde. O objetivo dos rebeldes é conseguir apoio suficiente dos planetas para derrubar o Império. Em cada ronda as 2 equipes realizam missões, deslocando líderes e exércitos no tabuleiro. As ações podem envolver conquistar um planeta, construir mais armas ou entrar em batalha um contra o outro.

10. Palavras Cruzadas (Scrabble)

Scrabble

Você e seus amigos são peritos das palavras? Então Palavras Cruzadas é o jogo ideal para você. Prepare o dicionário porque alguém com certeza vai tentar usar palavras que não existem…

Número de jogadores: 2-4

Como se joga: Cada jogador recebe algumas letras aleatórias, com as quais deve tentar formar palavras no tabuleiro. Cada letra vale um certo número de pontos, de acordo com sua raridade, e algumas posições no tabuleiro multiplicam os pontos. No fim, ganha a pessoa que tiver formado as palavras com mais pontos.

9. Código Secreto

Código Secreto

Chame todos os espiões ao serviço! Código Secreto é para aqueles que sonham em ser um agente secreto, decifrando os códigos mais difíceis. Será que você vai conseguir identificar seus agentes com um código que é apenas uma palavra?

Número de jogadores: 2-8

Como se joga: O grupo é dividido em 2 equipes, com um espião mestre para cada uma. Várias cartas com nomes de código são colocadas na mesa mas apenas os espiões mestres sabem quais códigos pertencem a operativos de sua equipe, dos adversários, a cidadãos comuns ou ao assassino. Usando apenas uma palavra e um número, cada espião mestre dá pistas à sua equipe sobre quais são seus operativos. O objetivo do jogo é descobrir todos os operativos de sua equipe primeiro, sem escolher o assassino.

8. Pandemic

Pandemic
imagem de: www.zmangames.com

Em Pandemic, seu adversário é o próprio jogo! Esse é um dos poucos jogos que exige cooperação para ganhar, em vez de competição. Junte sua equipe favorita de amigos para salvar o mundo de doenças mortíferas.

Número de jogadores: 2-4

Como se joga: Cada jogador recebe o papel de um tipo de especialista e tenta erradicar 4 tipos de doença, espalhadas pelo tabuleiro. Os jogadores recebem cartas com o tipo de ações que podem tomar em cada jogada e também cartas dizendo como as doenças vão se espalhar. O objetivo do jogo é criar uma estratégia para encontrar a cura das 4 doenças antes que tudo seja contaminado.

7. Ludo

Ludo

Esse jogo é velhinho mas bom. Parece tudo sorte mas ainda é preciso bastante estratégia quando você tem 2 ou mais peças em jogo. E, claro, quem não gosta de comer as peças do adversário quando está quase chegando no alvo?

Número de jogadores: 2-4

Como se joga: Cada jogador tem 4 peças que move pelas casas do tabuleiro até dar uma volta inteira e chegar no centro. Cada peça só pode entrar no jogo quando o jogador tira um 6. Se uma peça cair na mesma casa que outra pela do adversário, a peça do adversário é enviada de volta para o início e não pode ser usada até tirar um 6. Ganha quem chega todas as suas peças ao centro primeiro.

6. Batalha Naval

Batalha Naval
Imagem de: julie deshaies / Shutterstock.com

Afunde as esperanças de seus amigos com Batalha Naval! O melhor desse jogo é que você pode criar seu próprio tabuleiro usando papel quadriculado. Depois é só desenhar os navios. Ou, para os mais sofisticados, dá para comprar o jogo com várias peças.

Número de jogadores: 2

Como se joga: Cada jogador posiciona seus navios em lugares estratégicos em seu tabuleiro, sem deixar o outro ver. Depois, à vez, os jogadores escolhem uma posição do tabuleiro do adversário para atacar, marcando se atingiu ou não um navio. O objetivo é atingir e afundar todos os navios do adversário.

5. Xadrez

Xadrez

Sim, existem muitos jogos modernos mas xadrez é um clássico. Esse jogo vai desafiar sua inteligência e lhe pôr a pensar estrategicamente. Jogado há séculos, um jogo xadrez também pode demorar séculos a ganhar…

Número de jogadores: 2

Como se joga: Cada jogador move um conjunto de peças brancas ou pretas no tabuleiro, um de cada vez. Peças diferentes podem se mover de maneiras diferentes (para a frente, para trás, na diagonal…). Objetivo é mover suas peças para capturar as peças do adversário, sem que ele capture as suas. Ganha quem capturar o rei do adversário.

4. Catan

Catan
Imagem de: Sakkarin Pongrujikorn / Shutterstock.com

Catan é para o explorador/comerciante que existe em cada um de nós. Construa cidades e viva da terra, aproveitando todos os recursos disponíveis para fazer trocas comerciais. E, acima de tudo, seja inteligente em seus negócios.

Número de jogadores: 3-4

Como se joga: Cada jogador começa com 2 aldeias, que posiciona entre os hexágonos no tabuleiro. Esses hexágonos podem produzir recursos para os jogadores, se seu número sair nos dados. Depois os jogadores trocam e comercializam recursos para construir cidades e estradas. Quanto mais uma pessoa constrói, mais pontos ganha. No fim, ganha a pessoa com mais pontos, que domina o comércio na ilha de Catan.

3. War

War
Imagem de: br.ign.com

Quem não gostaria de conquistar o mundo? Com War, cada jogador se torna um general lutando pela dominação mundial com seu exército. Alianças vão ser quebradas, exércitos dizimados e impérios forjados… tudo à volta da mesa da cozinha!

Número de jogadores: 3-6

Como se joga: Cada jogador recebe um exército, que espalha por vários territórios do planeta. Os jogadores também recebem missões, como conquistar um continente, para ganhar pontos. Cada um em sua vez pode mover seu exército e atacar outras regiões. Os dados e o tamanho do exército definem quem ganha as batalhas. Em cada ronda, os jogadores recebem mais soldados, dependendo do número de pontos que têm. Ganha quem conquistar o mundo, ou completar suas missões.

2. Cluedo

Cluedo
Imagem de: www.hasbro.com

O clássico jogo do crime, Cluedo torna cada jogador um detetive. Com toda a gente a procurar por pistas, o segredo do jogo é saber fazer as perguntas certas e confundir os adversários ao mesmo tempo. Ou então fazer batota e ver as cartas dos outros… (Não finja que você nunca fez.)

Número de jogadores: 3-6

Como se joga: O objetivo do jogo é descobrir quem é o assassino, qual foi a arma do crime e em que sala a vítima morreu. Cada jogador é um personagem e caminha entre as várias salas da casa e lança suspeitas sobre o que acha que aconteceu. Os outros jogadores têm de lhe provar (em segredo) que sua suspeita está errada, mostrando as suas cartas. Ganha quem descobrir quais são as 3 cartas que estão faltando.

1. Monopólio

Monopólio
Imagem de: CaseyMartin / Shutterstock.com

Óbvio, o primeiro lugar tinha de ser para o Monopólio. O jogo mais capitalista de sempre dá para muitos ou poucos jogadores e parece que nunca acaba. Esse jogo torna até a pessoa mais generosa em um credor sem escrúpulos! E a grande pergunta é: por quanto tempo dá para continuar com uma dívida enorme sem vender um terreno?

Número de jogadores: 2-8

Como se joga: Cada jogador recebe dinheiro que pode investir comprando terrenos e construído casas e hotéis no tabuleiro. Quando um jogador calha no terreno de outro, tem de pagar uma taxa. Também existem cartas que dão benefícios ou castigos aos jogadores, que podem mudar o rumo do jogo. O objetivo é controlar o máximo de terrenos e se tornar a pessoa mais rica do grupo.

Gostou? Veja também os 15 melhores jogos de Super Nintendo para relembrar e se divertir!

Amy Gois
Licenciada em Comunicação Social,pelo Instituto Politécnico de Coimbra, em Portugal (2014). Escreve conteúdos para a internet desde 2015.