Os 15 maiores terremotos da história e os 5 maiores do Brasil


Abalos sísmicos ou terremotos, em linguagem corrente, são tremores de terra. Em termos mais específicos, terremotos são movimentos bruscos do terreno provocados por liberações de energia, geralmente causadas pelo deslocamento das placas tectônicas, que fazem tremer a crosta terrestre.

A Terra é dividida em camadas. A mais superficial delas é a litosfera, a casca rígida que envolve o planeta, formada pelas crostas terrestre e oceânica. A litosfera tem em média 50 km de espessura e é dividida em grandes blocos sólidos - as placas tectônicas. Abaixo dessa camada há o manto, constituído por um material pastoso e quente que se movimenta.

Essa movimentação exerce pressão na crosta terrestre, provocando deslocamentos das placas tectônicas. Grande parte dos abalos sísmicos ocorre quando as placas tectônicas se chocam ou se raspam umas às outras.

terremoto alasca 1964
Colapso de avenida em Anchorage, no Alasca, após o terremoto de 1964, considerado o 2º mais forte do mundo.

Os 15 abalos sísmicos mais fortes do mundo

Para definir a magnitude de um abalo sísmico, utiliza-se a escala Ritcher, sistema de medição que nos fornece dados sobre a gravidade ou intensidade de um terremoto Quanto maior a magnitude, mais forte é sismo.

15. Terremoto de Vallenar

  • Magnitude: 8.5
  • Localização: região do Atacama, na fronteira do Chile com a Argentina
  • Data e hora: 10 de novembro de 1922, às 23:53

Esse terrível terremoto, ocorrido há aproximadamente um século, provocou muita destruição. Seu epicentro foi na Cordilheira dos Andes e acredita-se que os tsunamis moderados que invadiram as cidades chilenas de Caldera, Chañaral e Huasco tenham sido causados por deslizamentos submarinos. Estima-se que mais de 1.500 pessoas tenham morrido nesse desastre,

14. Terremoto do Mar de Banda

  • Magnitude: 8.5
  • Localização: Indonésia
  • Data e hora: 1 de fevereiro de 1938, às 19:04

Esse terremoto, ocorrido a 35 km de profundidade, gerou tsunamis pequenos que atingiram sobretudo as ilhas de Banda e Kai, que ficam no leste da Indonésia. A boa notícia é que, pelo menos desta vez, não houve vítimas fatais.

13. Terremoto das Ilhas Aleutas de 1946

tsunami havaí
Exato momento em que um tsunami atinge a cidade de Hilo, no Havaí, no dia 1 de abril de 1946.
  • Magnitude: 8.6
  • Localização: sul do Alasca, EUA
  • Data e hora: 1 de abril de 1946, às 12:29

Esse terremoto traumático, cujo epicentro ocorreu nas ilhas vulcânicas do Alasca, gerou tsunamis que percorreram o Oceano Pacífico e atingiram em cheio o Havaí, quase 5 horas após o terremoto. Cerca de 170 pessoas morreram, vítimas da fúria das ondas gigantes. Centenas de pessoas ficaram feridas e muitos edifícios foram parcialmente ou totalmente destruídos.

12. Terremoto das Ilhas Andreanof

  • Magnitude: 8.6
  • Localização: sul do Alasca, EUA
  • Data e hora: 9 de março de 1957, às 14:23

Onze anos depois do terrível terremoto de 1946, mais um sismo sacode as Ilhas Aleutas, no sul do Alasca. Isso se deve ao encontro de duas placas tectônicas: a do Pacífico e a da América do Norte. Apesar do enorme potencial destrutivo das ondas gigantes provocadas pelo sismo, desta vez não houve vítimas fatais, apenas duas mortes indiretas. Um avião de pequeno porte que sobrevoava a Ilha de Oahu, no Havaí, caiu sobre o mar, matando o piloto e o repórter que estavam a bordo. O objetivo deles era obter boas fotos das ondas gigantes.

11. Terremoto de Nias

  • Magnitude: 8.6
  • Localização: costa oeste de Sumatra, na Indonésia
  • Data e hora: 28 de março de 2005

Localizada no Círculo de Fogo do Pacífico - onde ocorrem 90% dos abalos sísmicos do mundo -, a Indonésia costuma sofrer com terremotos com alguma frequência. O de 2005 foi, sem dúvida, um dos piores, matando cerca de 1.000 pessoas. O estrago só não foi maior porque, diferentemente do que ocorreu em 2004, as ondas geradas pelo tremor desta vez foram pequenas.

10. Terremoto do Oceano Índico de 2012

  • Magnitude: 8.6
  • Localização: costa oeste da Sumatra, ilha pertencente à Indonésia
  • Data e hora: 11 de abril de 2012, às 08:34

Apesar desse terremoto ter sido de grande magnitude, praticamente não provocou danos. Isso se explica pelo fato de seu epicentro ter ocorrido a 33 km de profundidade e a mais de 430 km da cidade indonésia de Banda Aceh. O trauma de 2004 contribuiu para o pânico generalizado. Felizmente desta vez não houve tsunamis.

círculo de fogo do Pacífico
O Círculo de Fogo do Pacífico tem 40.000 km de extensão e abrange as Américas, a Oceania e a Ásia.

9. Terremoto de Assam-Tibete

  • Magnitude: 8.6
  • Localização: fronteira entre Assam, estado da Índia, e o Tibete
  • Data e hora: 15 de agosto de 1950, às 14:09

Milhares de casas e edifícios ficaram destruídos e mais de 1.000 pessoas morreram em decorrência desse forte terremoto. Houve também deslizamentos de terra, causando muitos danos a dezenas de aldeias nas colinas de Abor, no nordeste da China. Um dos episódios mais graves foi o bloqueio (causado por deslizamentos de terra) e posterior rompimento da barragem natural do rio Subansiri, que inundou vilas e matou mais de 500 pessoas.

8. Terremoto nas Ilhas Rat

  • Magnitude: 8.7
  • Localização: Alasca, EUA
  • Data e hora: 4 de fevereiro de 1965, às 05:01

Apesar da capacidade destruidora desse terremoto, não houve vítimas, só prejuízos materiais. O tremor provocou rachaduras em casas de madeira da Ilha Shemya e um tsunami de 10,7 m de altura! Houve inundações na Ilha Amchitka.

7. Terremoto Equador-Colômbia

  • Magnitude: 8.8
  • Localização: perto da costa do Equador
  • Data e hora: 31 de janeiro de 1906, às 15:36

Esse terremoto, ocorrido há mais de um século, causou muita morte e destruição. Isso porque o sismo, com epicentro na costa do Equador e da Colômbia, gerou um tsunami de efeitos devastadores, causando a morte de aproximadamente 1.000 pessoas. O tremor foi tão forte que chegou a ser sentido na costa oeste americana e no Japão.

6. Terremoto do Chile de 2010

terremoto Chile 2010
Tsunami causou destruição na cidade de San Antonio, no Chile.
  • Magnitude: 8.8
  • Localização: costa de Maule, no Chile
  • Data e hora: 27 de fevereiro de 2010, às 06:34

Os tremores duraram apenas 3 minutos. Mas esse tempo foi o suficiente para causar 795 mortes, o desmoronamento de edifícios e até focos de incêndio em cidades como Concepción e a capital, Santiago. De acordo com o pesquisador da Nasa Richard Gross, esse terremoto foi tão forte que alterou a rotação da Terra, reduzindo a duração de um dia em 1,26 milionésimo de segundo! Dá para acreditar? Além disso, Gross e seus colegas disseram que o eixo da Terra se moveu cerca de 8 cm.

5. Terremoto de Kamchatka

  • Magnitude: 9
  • Localização: costa leste da península de Kamchatka, na Rússia
  • Data e hora: 4 de novembro de 1952, às 16:58

Um terremoto no Oceano Pacífico provocou um tsunami gigantesco que atingiu em cheio a península de Kamchatka, na Rússia. Trata-se do maior terremoto já registrado no país. Ondas de mais de 15 m provocaram enorme destruição e causaram a morte de mais 2 mil pessoas.

4. Terremoto de Tohoku

  • Magnitude: 9
  • Localização: costa leste da Ilha de Honshu, no Japão
  • Data e hora: 11 de março de 2011, às 05:46

Foi o pior terremoto já registrado no Japão. As ondas gigantes, algumas delas com cerca de 40 m de altura, atingiram velocidades impressionantes e invadiram cidades como Sendai, uma das mais atingidas pela catástrofe. Os números assustam: 15.898 mortos, 6.157 feridos e 2.531 desaparecidos.

3. Terremoto de Sumatra-Andaman

terremoto Sumatra 2004
Vila na costa da Sumatra ficou completamente destruída após a passagem do tsunami.
  • Magnitude: 9.1
  • Localização: costa oeste de Sumatra, na Indonésia
  • Data e hora: 26 de dezembro de 2004, às 00:58

Foi um dos terremotos mais mortais de toda a história. Estima-se que mais de 230 mil pessoas de 14 países diferentes (entre eles a Indonésia, o Sri Lanka, a Índia e a Tailândia) tenham morrido em decorrência desse sismo, que gerou ondas de mais de 30 metros de altura.

2. Grande Terremoto de 1964 no Alasca

  • Magnitude: 9.2
  • Localização: sul do Alasca, nos EUA
  • Data e hora: 28 de março de 1964, às 15:36

Sabe a foto no início deste artigo? É como ficou uma das principais avenidas da cidade de Anchorage, no Alasca, após o terremoto de março de 1964, o 2º mais forte já registrado. O epicentro foi a região central do estado norte-americano e, segundo registros oficiais, o tremor durou mais de 4:38 minutos. Foram 139 mortes.

1. Terremoto de Valdívia/Terremoto do Chile 1960

Valdívia Terremoto
Casas de madeira da cidade chilena de Valdívia não resistiram ao tremor.
  • Magnitude: 9.5
  • Localização: a 740 km ao sul de Santiago, capital do Chile
  • Data e hora: 22 de maio de 1960, às 19:11

Situado no temível Círculo de Fogo do Pacífico, o Chile é país sul-americano que mais sofre com terremotos, e o pior de todos foi, sem dúvida alguma, o de 1960. O maior terremoto já registrado matou aproximadamente 2 mil pessoas (a maioria na cidade de Valdívia) e feriu outras 3 mil pessoas. Milhões ficaram desabrigados.

Os 5 maiores terremotos do Brasil

5. Terremoto de João Câmara

  • Magnitude: 5.1
  • Localização: João Câmara, Rio Grande do Norte
  • Data e hora: 30 de novembro de 1986, às 03:20

O ano de 1986 não sairá tão fácil da memória dos moradores de João Câmara, município que fica no interior do estado do Rio Grande do Norte. Foi uma sequência de tremores, sendo que o primeiro deles, de magnitude 4.3, foi sentido no dia 21 de agosto. Mais dois abalos ocorreram em setembro. Mas o mais forte de todos, de intensidade moderada, aconteceu no dia 30 de novembro, chegando a causar danos em algumas construções. Ninguém se feriu.

4. Terremoto de Pacajus

  • Magnitude: 5.2
  • Localização: Pacajus, região metropolitana de Fortaleza, Ceará
  • Data e hora: 20 de novembro de 1980, à meia-noite

O maior abalo sísmico das regiões Norte e Nordeste ocorreu em Pacajus, sendo sentido num raio de 600 km. Apesar de ninguém ter morrido, casas foram danificadas e houve focos de incêndio. Há registros de pessoas que ficaram levemente feridas.

3. Terremoto de São Paulo

  • Magnitude: 5.2
  • Localização: no mar, a 215 km da costa do estado de São Paulo
  • Data e hora: 22 de abril de 2008, às 21:00

Não faz muito tempo houve um terremoto em São Paulo. O epicentro foi a 215 km da costa do estado e o tremor durou apenas alguns segundos. Reflexos foram sentidos nos estados do Paraná, Minas Gerais e Santa Catarina. Houve relatos de rachaduras em construções. Ninguém se feriu.

2. Terremoto Acre/Amazonas

  • Magnitude: 6.1
  • Localização: divisa do Acre com Amazonas, a 165 km de Cruzeiro do Sul (AC)
  • Data e hora: 21 de julho de 2007, às 9:30

Esse terremoto, considerado forte, ocorreu numa região pouco povoada, 425 km ao norte da capital do Acre, Rio Branco.Por isso, não há registros de danos materiais ou vítimas. Dependendo do local onde ocorrem, mesmo terremotos menores podem ser mais destrutivos.

É o caso do Terremoto de Caraíbas, comunidade rural no norte de Minas Gerais. O abalo de magnitude 5, ocorrido em dezembro de 2007, destruiu casas, feriu 6 pessoas e matou uma criança de 5 anos. É o único caso de morte provocada por terremoto de que se tem notícia no Brasil.

1. Terremoto de Porto dos Gaúchos

  • Magnitude: 6.6
  • Localização: Serra do Tombador, a 100 km de Porto dos Gaúchos, no Mato Grosso
  • Data: 31 de janeiro de 1955

A 644 km de Cuiabá, capital mato-grossense, ocorreu o maior terremoto registrado em solo brasileiro. O que explica este e outros sismos ocorridos na região é uma falha geológica, que facilita a ocorrência de tremores mais fortes. Pelo fato da região ser pouquíssimo povoada na época, não houve vítimas.

Leia também: Além de Chernobyl: as 15 maiores cidades fantasmas da história

Atualizado em